Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Professor Jorge Cardoso Filho discute experiência estética em aula conjunta de Grupos de Pesquisa do PPGCOM

Professor Jorge Cardoso Filho discute experiência estética em aula conjunta de Grupos de Pesquisa do PPGCOM

12/04/2019 17h07

Jorge explicou o conceito de experiência estética, que busca explicar como nossas sensibilidades são afetadas pelas coisas que estão ao nosso redor. Foto: Igor Neves

Igor Neves

O último encontro do grupo de pesquisa ‘Mídia, Arte e Cultura’ (MAC), coordenado pelo professor Herom Vargas, recebeu Jorge Cardoso Filho, professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e diretor do Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), para ministrar uma palestra sobre experiência estética.

O encontro foi organizado em parceria com o grupo de pesquisa ‘Da compreensão como método’, como forma de integrar os núcleos que fazem parte da linha de pesquisa do PPGCOM ‘Comunicação midiática, processos e práticas socioculturais’.

Jorge explicou o conceito de experiência estética a partir do qual busca-se entender como nossas sensibilidades são afetadas pelas coisas que estão ao nosso redor, desde a cor de uma bolsa até uma obra de arte como a Monalisa.

Citando trabalhos de seus alunos, o professor apresentou uma tese que tinha como objeto um game chamado Everything. O game não dá ao jogador um objetivo claro e determinista. Em vez disso, é a partir da liberdade do jogador de ser o que quiser e andar por onde quiser que o jogo se desenvolve. Essa, segundo Jorge, é uma forma de experiência estética mais livre, remetendo ao que Kant entendida como a “finalidade sem fim”.

Já no campo da música, o objeto de estudo foi a música Bonecas Pretas, da cantora Larissa Luz. Como a estética pop muitas vezes é domesticada em favor do mercado, a obra critica este mesmo mercado pela falta de representatividade. No fim do encontro, os integrantes do grupo tiraram dúvidas sobre seus projetos de pesquisa, principalmente pelo viés de como eles se relacionavam com o tema da experiência estética.

Comunicar erros