Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Notícias JBCC / UnB e embaixada bolivariana da Venezula promovem debate sobre crise da mídia

UnB e embaixada bolivariana da Venezula promovem debate sobre crise da mídia

Ex-diretor do jornal Le Monde, Ignacio Ramonet, foi convidado para conferência que expõe impacto das novas tecnologias na mídia de massa

16/11/2011 12h00 - última modificação 16/11/2011 12h03

Da redação

Conferência sobre a mídia e a crise mundial realizada pela embaixada Bolivariana da Venezuela na Universidade de Brasília, UnB,  em 1º de novembro, conta com a presença do jornalista e ex-diretor do jornal francês Le Monde diplomatique, Ignacio Ramonet.  O evento promove a integração dos países da Alianza Bolivariana para los Pueblos de Nuestra América (Alba).

A cobertura do evento foi publicada no site do Observatório da Imprensa, em 8 de novembro, por Luciane Agnez, que destaca alguns momentos da conferência.  Ramonet fez uma análise sobre o impacto das tecnologias digitais, alertando que não só os jornais impressos estão sofrendo problemas econômicos  como também as TVs com  noticiário 24 horas.  "Os canais de informação contínua estão com dificuldades de concorrer com a internet. O principal canal da Espanha fechou, por exemplo."

Entre vários aspectos que considerou sobre a mídia, o jornalista disse que a "democracia da comunicação ainda é uma ilusão".  Apesar da multiplicação de ofertas e da circulação ininterrupta das informações,  cabe ao internauta correr atrás e selecionar as notícias.   "Se não fizermos o esforço de procurar e reunir as informações de qualidade, elas não virão ao nosso encontro."

Comunicar erros