Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Notícias JBCC / RIF abre chamadas para dossiê sobre folkcomunicação e religiosidade

RIF abre chamadas para dossiê sobre folkcomunicação e religiosidade

15/07/2016 16h39

Victoria Roman

A vida de Luiz Beltrão foi dedicada à educação e à pesquisa. Primeiro a alcançar o grau de doutor em Comunicação em uma universidade brasileira, Beltrão sentia-se intrigado sobre como os grupos posicionados às margens do sistema político e da comunicação social informavam-se. Observando, percebeu que aqueles grupos marginalizados encontravam alternativas para se comunicar entre si, maneiras estas que não tinham o envolvimento dos grandes meios de comunicação massivos.

Folkcomunicação seria então de forma artesanal e horizontal, “o processo de intercâmbio de mensagens através de agentes e meios ligados direta ou indiretamente ao folclore e, entre as suas manifestações, algumas possuem caráter e conteúdo jornalístico, constituindo-se em veículos adequados à promoção de mudança social”. (BELTRÃO, 2001, p73). Termo que não deve ser confundido com Folclore, pois apesar de correlativos, a Folkcomunicação seria a comunicação das manifestações folclóricas culturais e populares. Existem, para Beltrão, três grupos nos quais a Folkcomunicação se faz mais presente, os grupos rurais marginalizados pelo isolamento geográfico, grupos urbanos marginalizados e os grupos culturalmente marginalizados, aqueles que não seguem os padrões e princípios à moral ou estrutura social atual.

A Revista Internacional de Folkcomunicação tem como objetivos difundir a produção científica em Folkcomunicação, desvendar possíveis vias de investigação, considerando novos objetos e o fortalecimento de metodologias próprias da área, valorizar o constante diálogo entre as contribuições conceituais da folkcomunicação e as observações e análises de pesquisa empírica, bem como a constante atualização do legado de Luiz Beltrão. Trabalha para propiciar conhecimento sobre o assunto para professores, pesquisadores e estudantes de Comunicação.

Até o dia 1º de agosto, a revista quadrimestral mantém aberta a chamada para o próximo número. A edição vai reunir trabalhos para o dossiê temático anual da revista, que será lançado em setembro e terá como tema as manifestações religiosas, propondo a canalização de estudos que tratam das práticas folkcomunicacionais presentes nas expressões da fé.

Organizado pelos pesquisadores José Cláudio Alves de Oliveira, professor da Universidade Federal da Bahia e Iury Aragão Parente, doutorando em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, o dossiê temático irá reunir trabalhos que podem possuir as abordagens “reflexões e diálogos teórico-metodológicos sobre folkcomunicação”, “estudos empíricos sobre manifestações populares de devoção, sob viés da folkcomunicação”, “análise dos aspectos culturais da religiosidade projetados na mídia”, “midiatização da fé” entre outros.

A revista, editada pelo PPG Jornalismo da UEPG em parceria com a Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação e a Cátedra Unesco/UMESP de Comunicação, também disponibilizou a última edição da publicação (vol. 14, n. 31).

Os artigos para o dossiê podem ser enviados até o dia 1º de agosto, diretamente pelo sistema on-line da revista pelo endereço http://www.revistas.uepg.br. Textos, de 12 a 15 páginas, devem ser acompanhados de uma breve apresentação curricular do autor, um resumo e abstract entre 5 e 10 linhas, assim como de três a cinco palavras-chave que demonstrem os conceitos centrais do texto. A formatação deve ser feita em Word, fonte Times New Roman, corpo 12, espaço 1,5 e as citações e referências devem seguir as normas ABNT.

Comunicar erros