Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Notícias JBCC / Magali Cunha entra para a Comissão Nacional da Verdade

Magali Cunha entra para a Comissão Nacional da Verdade

21/03/2013 17h26

Por Mônica Miliatti

A professora do PósCom, Magali do Nascimento Cunha, foi admitida na Comissão Nacional da Verdade. Como pesquisadora, ela vai integrar o GT (Grupo de Trabalho) “Papel das Igrejas durante a Ditadura”.

O grupo que Magali fará parte vai ouvir e colher testemunhos de vítimas desse período, com o objetivo de realizar um relatório para definir qual foi a participação da Igreja no período, como os atos de resistência e por outro lado, de grupos que aderirão ao regime.

O convite foi feito pelo jornalista e coordenador do GT, Anivaldo Padilha, que era diretor do departamento nacional da juventude da Igreja Metodista e foi preso e torturado nos anos 70.

Para Magali, além de ser um desafio, o trabalho é relacionado com as pesquisas que ela realizou, por militância no Mestrado em Memória Social e Documento da UNIRIO. Além disso, o grupo reúne diferentes pesquisadores temáticos, como teologia, história oral e sociologia.

Para saber mais sobre o assunto, acesse o site da Comissão Nacional da Verdade: http://www.cnv.gov.br/index.php

 

Comunicar erros