Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Notícias JBCC / José Marques de Melo comemora 70 anos

José Marques de Melo comemora 70 anos

06/06/2013 16h30 - última modificação 13/06/2013 15h51

Por Mônica Miliatti

Em comemoração aos 70 anos do pesquisador José Marques de Melo, a Intercom promoverá um encontro com amigos, orientandos e ex-orientandos, para homenagear o professor. O encontro será no dia 15 de junho, às 9h, no Centro Cultural da Intercom, em São Paulo.

No encontro haverá a exposição de algumas obras do professor e o lançamento de três livros, “Fortuna Crítica de José Marques de Melo” (Vol. I e II) e o “EntreNações e Inter-Relações: Marques de Melo e a Comunicação em Diálogo”  e um coquetel de confraternização para celebrar a vida de José Marques de Melo.

A ideia da homenagem surgiu com Juçara Brites, professora da Universidade Federal de Ouro Preto, que foi sua orientanda de mestrado. A princípio era apenas uma reunião de ex-orientandos, que decidiram homenagear o mestre, porém, com a adesão cada vez maior, o evento tomou outra dimensão.

Contribuições

José Marques de Melo nasceu em Palmira dos Índios, em Alagoas, no dia 15 de junho de 1943. Formado em jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) em 1964, Marques de Melo se interessou muito cedo pela pesquisa acadêmica e em 1973 se tornou o primeiro doutor em jornalismo no Brasil, formado pela Universidade de São Paulo (USP).

Trabalhou em jornais como “Gazeta de Alagoas”, “Jornal de Alagoas”, “Jornal do Commercio”, “Última Hora”, “A Gazeta”, “O São Paulo”, “O Estado de São Paulo”, “A Folha de São Paulo”, “Correio Braziliense” e “Zero Hora”.

Mas sua grande paixão sempre foi a pesquisa acadêmica. Ao longo de sua carreira, Marques de Melo desenvolveu trabalhos com temas voltados para a ciência da comunicação, como o jornalismo brasileiro, gêneros jornalísticos, folkcomunicação e o pensamento comunicacional latino-americano. É um dos grandes nomes da pesquisa do jornalismo na América Latina e tem prestígio internacional, nos diversos continentes.

Algumas de suas principais publicações são: “Teoria do jornalismo: Identidades Brasileiras”, “Mídia e Cultura Popular - História, taxionomia e metodologia da Folkcomunicação”, “Televisão Brasileira”, “Os Caminhos Cruzados da Comunicação” e “Gêneros Jornalísticos no Brasil”.

Melo mantem um ritmo de produção muito acentuado, organizando e escrevendo livros sobre os variados temas na área. Além disso, realiza conferências nacionais e internacionais, participa de bancas em programas de pós-graduação, entre outras atividades acadêmicas, e coordenada a Cátedra Unesco/Metodista de Comunicação para o Desenvolvimento Regional, na Universidade Metodista de São Paulo.  Para o orientando de doutorado do professor, Eduardo Gurgel, definir a importância de José Marques de Melo é difícil, mas reafirma que ele é uma das figuras mais importantes da comunicação no Brasil e no mundo.

“É difícil buscar uma definição para a figura paradigmática do professor doutor José Marques de Melo, uma das pessoas mais proeminentes no cenário da comunicação no Brasil. Talvez possa, por meio de duas citações, chegar próximo a um conceito próprio do meu mestre. Primeiro a frase de D. José Roig y Bergadá no prólogo manual de jornalismo de Rafael Mainar, de 1906, El arte del periodista, onde diz que: ‘Para os homens cultos, escrever livros é dever um. Divulgar o que se aprendeu no labor da vida diária; ensinar aos outros como vencer os obstáculos acumulados no caminho, advertir àqueles que vão chegando, os riscos e perigos das empreitadas humanas; entregar a todos os tesouros da própria experiência, é fazer bem para a Humanidade’. Gurgel finaliza:  “É exatamente isso que José Marques de Melo faz. Ademais, um ditado que não me recordo a autoria cabe bem aqui: ‘o verdadeiro mestre carrega seus discípulos nos ombros para que eles enxerguem mais longe’. Eis o mestre José Marques de Melo”.

No próximo ano, o professor vai comemorar 50 anos de sua formação na UNICAP.

Serviços:

Para mais informações, ligar para o telefone (11) 3892-7558.

Comunicar erros