Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Notícias JBCC / Estudantes brasileiros visitam a Universidade Sorbonne

Estudantes brasileiros visitam a Universidade Sorbonne

Viagem cultural a Paris apontou discussões sobre Ecologia, Ecosofia, Sustentabilidade e Responsabilidade Social

11/07/2012 16h24

Por Rita Moura

Os alunos do Póscom (Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social) visitaram entre os dias 4 e 13 de maio, a Universeté Paris Descartes Sorbonne. O curso teve participação de professores de universidades francesas e brasileiras, com debates, apresentações, seminários e tradução ao longo de todo curso.

Fundado em 1982 pelos professores Michel Maffesoli e Georges Baladier, a Sorbonne dedica-se em estudos intelectuais de abrangência internacional, direcionada integralmente à investigação das novas formas de socialização, por meio das tecnologias digitais e suas múltiplas formas de manifestação.

Os participantes tiveram a oportunidade de visitar organizações francesas, que enfatizaram o ponto de encontro entre a sustentabilidade e a responsabilidade social. Dessa forma, levantou questões sobre a sociedade contemporânea a partir de questões sociais e ecológicas dentro das áreas de comunicação, marketing e sociologia.

O professor da Universidade Metodista de São Paulo e também organizador da visita, Kleber Marcus, explicou o conceito de Ecosofia, que foi citado e discutido ao longo do curso, como um novo termo que propõe a difusão entre o equilíbrio do homem, a sustentabilidade e a responsabilidade social. Explica também, que o termo globalização está muito distante da nossa realidade atual. ”Não existe globalização, não existe comunicação... O que existe é uma troca de informação”. E questionou: “Vivemos em um mundo de oportunidades ou de oportunismo? Há uma diferença enorme entre esses dois termos.”

A estudante de mestrado da Metodista, Ana Paula Ramos, conta que a experiência foi enriquecedora, pois a partir dos conteúdos analisados pelos professores da universidade, pôde perceber a grande importância que a comunicação está proporcionando: “Precisamos usar esses avanços tecnológicos de uma forma inteligente, relacionarmos por meio das redes sociais de uma forma diferente, com uma nova visão de mundo”.

De acordo com Ana Paula, os professores da universidade francesa acreditam no potencial intelectual do Brasil e que o país é um laboratório que estuda o conceito da Pós- Modernidade.

A aluna conta que houve trocas de informações constantes, e dessa forma, cada participante pôde aprender e acrescentar conteúdos. “Um dia, os alunos puderam apresentar seus trabalhos desenvolvidos no Brasil. Tanto recebermos informações, quanto passamos experiências por meio de estudos feitos por nós, estudantes”. E finalizou: “É necessário atuar com uma verdadeira realidade social, porque colocar a culpa nos outros é fácil, pensar que você faz parte desses 'outros', é muito difícil”.

Comunicar erros