Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Notícias JBCC / Comuni realiza IX Encontro de Comunicação Comunitária e Cidadania

Comuni realiza IX Encontro de Comunicação Comunitária e Cidadania

O evento contou com a participação de pesquisadores de diferentes estados brasileiros e foi marcado pela pluralidade

27/06/2013 12h55 - última modificação 27/06/2013 15h05

Por Priscilla Sampaio

O Comuni, Núcleo de Estudos de Comunicação Comunitária e Local, realizou neste mês de junho (18) o  IX Encontro de Comunicação Comunitária e Cidadania, reunindo pesquisadores, ativistas sociais e estudantes de Comunicação de todo o país. O evento aconteceu na UMESP, coordenado pela professora do Póscom – Programa de Pós-graduação em Comunicação da Metodista, Cicília Peruzzo.

Com intuito de promover um ambiente de troca de idéias  e, sobretudo, de aprendizagem, o Comuni  realiza o encontro desde 2005.Este ano, os participantes puderam traçar um panorama de comunicação comunitária no país, promovendo debates sobre o tema. Por meio de relato de experiências, resultados de pesquisas, dissertações de mestrado e documentários abordaram vários temas, como as rádios comunitárias nacionais e internacionais,  jornais comunitários e a atuação de organizações comunitárias no interior do país.

Para a pesquisadora do Comuni , Maria Inês Amarante, a reunião é enriquecedora, pois conta com a presença de pesquisadores que trabalham com universos e linguagens diferentes, elaborando um material focado no protagonismo e desenvolvimento comunitário. “Este encontro é muito precioso, porque me permite tirar a temperatura do que está acontecendo na Comunicação Comunitária do Brasil e de fora. Hoje, por exemplo, nós temos essa diversidade. São pesquisadores que vêm de Pernambuco, da Paraíba, de Minas, do Paraná, e ,eu mesma , apresentei uma pesquisa de Cabo Verde. É um mosaico de experiências que, para nós, é muito enriquecedor” , conta Maria Inês.

O mesmo pensamento tem a mestre em Comunicação Social Taís Aranha, que ressalta a importância do grupo: “O fato de o grupo contar com participantes de diferentes estados brasileiros, alguns com vivência internacional sobre o assunto, é muito enriquecedor e motivador. A existência do grupo, que é muito bem coordenado pela professora doutora Cicilia Peruzzo, contribui para que a comunicação comunitária se mantenha viva, mostrando que é possível fazer comunicação com vistas à mobilização popular e à retomada dos laços comunitários”.

O Comuni

O Núcleo de Estudos de Comunicação Comunitária e Local (COMUNI) surgiu em junho de 2004, com o intuito de reunir orientandos e ex-orientandos do “Mídia Local e Comunitária”, projeto temático  que foi incorporado em 1999 na linha de pesquisa “Processos Comunicacionais Midiáticos e Interações Sociais” do Póscom Metodista. Apesar de ser um desdobramento deste trabalho, o grupo também reuniu pessoas de outras instituições acadêmicas que investigam sobre temas relacionados à comunicação no contexto das comunidades, dos movimentos populares, e as suas inter-relações com a cidadania.

De acordo com Cicília Peruzzo , após ser definida a estruturação do grupo, o núcleo foi registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. “No primeiro ano, o Comuni atuou fazendo reuniões periódicas como espaço de debate sobre pesquisas em andamento e discussão de temas emergentes como forma de promover a troca de conhecimentos, o que persiste até os dias atuais. Mas, no ano seguinte já realizou o seu primeiro Encontro anual, denominado Encontro de Comunicação Comunitária e Cidadania, que aconteceu no dia 31 de outubro de 2005”.

Comunicar erros