Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Educomunicação é tema do primeiro encontro do Mob-Com

Educomunicação é tema do primeiro encontro do Mob-Com

Grupo de pesquisa recebeu o coordenador do Núcleo de Educomunicação de São Paulo

18/10/2018 17h52

Foto: Camila Escudero

Igor Neves

O Grupo de Pesquisa (GP) Comunicação para o Desenvolvimento, Tecnologia e Opinião Pública (Mob-Com), realizou sua primeira reunião na Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) na manhã do dia 16. O encontro contou com a presença do coordenador do Núcleo de Educomunicação da prefeitura de São Paulo, Carlos Lima e teve participação efetiva de estudantes e pesquisadores da comunicação.

A discussão girou em volta da Educomunicação como política pública na cidade de São Paulo. Carlos contou a trajetória da Núcleo, que começou nos anos 2000 como um projeto ligado à Universidade de São Paulo (USP) que fazia parcerias com escolas públicas para desenvolver trabalhos na área de rádio. Hoje o projeto já criou vida própria a partir da agência de notícia Imprensa Jovem, que abrange as áreas de cinema, blogs, redes sociais, crítica da mídia, vídeo, fotografia, jornal mural etc.

A cidade de São Paulo conta, atualmente, com 300 agências de notícias espalhadas pela rede municipal de ensino, que atingem escolas do ensino infantil ao médio, tornando-se a primeira cidade do Brasil a ter uma política pública de Educomunicação. É um trabalho que exige articulação não só com representantes da educação na cidade, mas comunidade e governo, uma vez que sobrevive às diversas administrações.

Durante a discussão, foram apresentados não só resultados, mas, também, casos de sucesso e de dificuldades, bem como a importância do professor como mediador de processos educomunicacionais, o protagonismo e a participação de crianças e jovens como “expressante comunicativos”, a ressignificação dos espaços e todo ecossistema escolar e a importância da valorização do processo.

A estratégia de discutir a temática no GP serviu, também, para traçar um paralelo entre as atividades que já estão sendo desenvolvidas pela professora Camila Escudero junto à estudantes e pesquisadores da graduação e da pós-graduação da Umesp, no desenvolvimento do projeto de extensão Comunica Nossa Gente. Segundo Camila, a Educomunicação é o principal método utilizado para a prática comunicativa crítica como chave para o desenvolvimento social e um mundo melhor.

O Mob-Com é organizado pelos professores do PósCom da Metodista, Luiz Alberto de Faria, Camila Escudero, Roberto Joaquim e Alexandre Cappellozza. O próximo encontro será em novembro, com data a ser definida.

 

Comunicar erros