Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Diretora do Instituto Clima e Sociedade alerta para a importância econômica da preservação ambiental

Diretora do Instituto Clima e Sociedade alerta para a importância econômica da preservação ambiental

Ana Toni cedeu entrevista para o Diálogos ENVOLVERDE

29/08/2020 09h47

Diálogos Envolverde - Reprodução: Youtube Envolverde

Por - João Gabriel Fiasche

No último dia 13 de agosto, o Diálogos Envolverde entrevistou Ana Toni, diretora-executiva do Instituto Clima e Sociedade, organização filantrópica que mobiliza recursos e transformações no tema de mudanças climáticas.

Ana Toni foi diretora da Fundação Ford Brasil e presidente do Conselho Greenpeace Internacional. É economista pela Universidade de Swansea, mestre em Política da Economia Mundial pela London School of Economics e doutora em Ciência Política pela UERJ.

Em conversa com Dal Marcondes e Reinaldo Canto, Ana alertou para o fato de que o atual governo brasileiro interrompeu décadas de diálogo positivo com os movimentos em defesa do meio ambiente. “A sociedade civil brasileira é historicamente muito forte no tema socioambiental e suas ideias estiveram alinhadas com o governo federal pelos últimos 30 anos. Mas com a entrada do novo governo, houve uma ruptura.”

Para Ana, a recente alta nos ganhos do Brasil com o agronegócio traz a falsa impressão de que o descaso do governo com a questão ambiental não vai atrapalhar a economia do país. “Esse padrão de negar a ciência e o diálogo atrapalha a relação com investidores estrangeiros que apostaram em uma Agenda Verde e no próximo ano é provável que o Brasil sinta as consequências disso”.

Ana ainda afirma que o Brasil tem desvantagem competitiva em relação aos países desenvolvidos, que já estão atentos para a relação entre economia e meio ambiente. “A Europa pós-Covid terá a questão ambiental como pilar central de sua agenda econômica”.

Comunicação e meio ambiente

Ana Toni acredita que uma comunicação eficiente é fundamental para o sucesso das pautas ambientais. Para ela, essa comunicação passa pelo fortalecimento de mídias locais e não deve ser imposta ou unilateral, e sim incentivadora do diálogo e da participação da sociedade civil, “Felizmente, ao contrário da nossa geração, os jovens de hoje já nascem com esse DNA do meio ambiente”, acrescenta..

Para acompanhar na íntegra a entrevista de Ana Toni no canal da Envolverde no YouTube, clique nesse link:

https://www.youtube.com/watch?v=Xb5rKqIIdug&t=4s

Comunicar erros