Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Stricto / Notícias / Metodista e Universidad San Jorge instalam dupla titulação em Doutorado em Comunicação

Metodista e Universidad San Jorge instalam dupla titulação em Doutorado em Comunicação

Diplomas de Doutorado serão emitidos no Brasil e na Espanha

24/10/2017 15h15 - última modificação 26/10/2017 14h27

Profs. Carlos Perez e Daniel Galindo formalizam termo de cooperação (Foto Pedro Zuccolotto)

Os programas stricto sensu da Universidade Metodista de São Paulo e da Universidad San Jorge Zaragoza, da Espanha, acabam de firmar acordo de cooperação para projetos de pesquisa de Doutorado em Comunicação em regime de cotutela. A modalidade permite ao estudante construir sua tese sob dois orientadores, um no Brasil e outro na Espanha, obtendo, assim, diploma de doutorado dos dois países.

O termo de cooperação foi assinado em 20 de outubro passado, no final do intercâmbio acadêmico realizado na instituição espanhola por grupo de estudantes e professores da área de Comunicação e Marketing da Metodista. A dupla orientação e titulação contempla alunos dos dois países em inúmeras linhas de pesquisa.

Na área da Universidade San Jorge há temas como Comunicação, Inteligência Emocional e Liderança; Comunicação Jornalismo, Política e Cidadania; Cultura Digital: Mediações e Discursos; além de Sociedade, Cultura e Comunicação, entre outros. Na Metodista destacam-se Comunicação Midiática, Processos e Práticas Socioculturais; Comunicação Institucional e Mercadológica; e Comunicação Comunitária, Territórios de Cidadania e Desenvolvimento Social.

Segundo o professor Daniel Galindo, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social e que participou do ato de assinatura, outras possibilidades de duplo doutorado em saúde, meio ambiente, arquitetura e tecnologia também estarão abertas. Na USJ os grupos de pesquisas existentes atualmente abordam Cuidados na Saúde e Envelhecimento Saudável; Fisioterapia; Avaliação Funcional e Melhoria do Desempenho na Saúde; Farmácia; GreenLife: Ecotoxidade e Quimica Verde; ECO2chem: Ciências Ambientais; Open Source Architecture; SVIT: Variabilidade de Software para Coisas da Internet; Cyberspace; OAA: Observatório Audiovisual Aragonese; MITLHE: Inovação Multidisciplinar no Ensino e Aprendizagem; Sociedade e Interculturalidade.

Outros horizontes de trocas se abrem com a aproximação das duas instituições, como a cotutela também em Mestrado, segundo a coordenadora do PPG de Comunicação Social da Metodista, professora Marli dos Santos. Ela acrescenta que a cooperação contempla inclusive atividades de docência em determinadas disciplinas, com brasileiros e espanhóis atuando como professores convidados nas duas universidades.

Banca mista

Os primeiros candidatos à dupla titulação Brasil-Espanha são doutorandos já em atividade de tese, mas as inscrições estão abertas a interessados. Na cotutela a tese é defendida uma única vez, no Brasil ou na Espanha, diante de banca mista e recurso de videoconferência.

O termo de cooperação foi assinado pelo chanceler da Fundação Universidade San Jorge, professor Carlos Perez Caseiras, e formalizado pelo reitor da Metodista, professor Paulo Borges Campos Jr, além da coordenadora de Relações Internacionais, Vanessa Martins. Além do professor Daniel Galindo, estiveram no evento de assinatura os professores Joe McMahon e Andy Tunnicliffe, ambos responsáveis pela internacionalização da Universidade San Jorge.

A Universidad San Jorge é particular, está instalada em Zaragoza e foi fundada em 2005. Atua em três grandes áreas do conhecimento: Comunicação e Ciências Sociais, Ciências da Saúde e Arquitetura e Tecnologia. Tem hoje cerca de 2,5 mil estudantes entre graduação e pós-graduação.

Este é o segundo convênio de cotutela do stricto sensu da Comunicação Social da Metodista, que já tem acordo com a Universidade da Beira Interior, em Portugal, e este ano diplomou com louvor a primeira doutoranda, Alexandra Fante. Leia aqui.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , ,