Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Secretariado Executivo Bilíngue / Notícias / Mercado aprova nova matriz curricular de Secretariado Executivo

Mercado aprova nova matriz curricular de Secretariado Executivo

Workshop sobre a profissão e diferenciais da Metodista atraiu profissionais e vestibulandas

31/01/2017 16h55 - última modificação 31/01/2017 16h58

workshop atraiu profissionais e vestibulandas (Foto Divulgação)

A nova matriz do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da Universidade Metodista de São Paulo mereceu aprovação de headhunters (caçadores de talentos) e dirigentes de classe, com modelo que habilita também para bacharel em Administração. Em worskshop realizado em 26 de janeiro último reunindo profissionais da área, alunas já atuando no mercado e vestibulandas 2017, a presidente do Sinsec-ABC (Sindicato dos Profissionais de Secretariado do Grande ABC), Stela Pudo, destacou que a concorrência e a globalização levaram a classe à necessidade de investir em inovação, excelência e sucesso profissional, correspondendo ao perfil das diretrizes curriculares do MEC (assessor, gestor e consultor). 

Edileuse Veloso, da RH Progresso, destacou a realidade que normalmente não é considerada no ABC paulista, privilegiado pela presença de grandes empresas, principalmente multinacionais, que ofertam muitas vagas sobretudo no campo secretarial, contemplando estágios para secretárias e posterior contração. O curso de Secretariado da Metodista obtém grande número de efetivações de alunas egressas, que atuam majoritariamente como secretárias de gerência, de diretoria e de presidência. Em 2016, a turma que se formou obteve 50% de efetivações.

A headhunter da RH Progresso destacou ainda que “é excelente” a faixa salarial para profissionais que se especializam e dominam pelo menos dois idiomas e que exercitem competências técnicas e humanas. No encontro, a presidente do Sinsec-ABC, por sua vez, deu ênfase ao trabalho que turmas do Secretariado Executivo da Metodista realizam no Encontro de Alunos de Administração do Grande ABC há 12 anos, cuidando da recepção e do cerimonial do evento, que reúne cerca de 1.500 pessoas anualmente. Também elogiou os eventos de ação social organizados pelas alunas de Secretariado.

Graduação + pós

A nova grade de Secretariado da metodista oferece a possibilidade de, em apenas três anos, obter-se o título de bacharel em Secretariado Executivo Bilíngue, com direito a registro na SRTE. Com a opção de continuidade nos estudos, isto é, com mais três semestres, pode-se obter o título de bacharel em Administração. São 1400 horas de Núcleo Comum com Administração e Comércio Exterior. O modelo permite ainda a possibilidade de o aluno cursar MBA ou Especialização a Distância (EAD), paralelamente à segunda graduação que cursar.

“Diferencial para sobreviver no mercado de trabalho” foi tema do workshop do curso, realizado na Universidade Metodista e que reuniu também a coordenadora da graduação de Secretariado Executivo, professora Ana Maria Martins, ao lado das professoras Marta Anselmo e Marta de Las Mercedes, egressas já em atividade profissional em empresas da Grande São Paulo e alunas que prestaram vestibular para Secretariado iniciando em 2017.

“Foi bem gratificante constatar a interatividade e os muitos questionamentos sobre a profissão, regulamentação e empregabilidade, o que tornou o evento descontraído e altamente produtivo. A Metodista, sempre atenta às necessidades e demandas de um mercado de trabalho reconhecidamente exigente e muito competitivo, identificou a necessidade de aperfeiçoar ainda mais o modelo já inovador do seu curso de Secretariado para, cada vez mais, as concluintes continuarem atendendo as demandas desse segmento tão especial e com elevados índices de procura, altas taxas de empregabilidade tanto para estágios quanto para efetivações”, comentou professora Ana Maria.

Nos depoimentos das alunas já formadas houve emoção e agradecimento à Metodista, ao dizerem que se sentem recompensadas pelos esforços nos estudos e pela identificação com a profissão. Todas se disseram bem satisfeitas com as empresas onde atuam. Insistiram em destacar a infraestrutura da universidade e os professores que as acompanharam na trajetória acadêmica de três anos. Uma das egressas citou o projeto-aplicativo que faz parte do estágio supervisionado, sublinhando que a empresa onde trabalha obteve bons retornos com a implantação do projeto que ela construiu e apresentou na universidade.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,
REGULAMENTAÇÃO
COORDENADORA

ANA MARIA MARTINS
ana-maria.jpg
Minicurrículo

 

secretariado-executivo.jpg

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: