Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Sbcsol / Notícias / II SEMINÁRIO DA INCUBADORA SBCSOL REÚNE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

II SEMINÁRIO DA INCUBADORA SBCSOL REÚNE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

08/09/2013 16h48

A Incubadora de São Bernardo do Campo, SBCSOL, realizou seu II seminário na última sexta-feira (20), e reuniu os trabalhadores de empreendimentos solidários da cidade para um dia de atividades na Universidade Metodista de São Paulo. No período da manhã, estava presente o chefe do Departamento de Empreendedorismo, Trabalho e Renda, Nilson Tadashi e o representante da UNISOL, Marcelo Rodrigues e Luciano Venelli Costa, diretor da Faculdade de administração e economia (FAE) da Metodista. Douglas Siqueira, coordenador-geral da incubadora, e a coordenadora técnica do projeto, Vanderléa Sena, apresentaram as realizações e desafios do primeiro ano da incubadora do município. Atualmente, conta com 17 empreendimentos, cinco deles já formalizados. O evento, que teve como tema “mediações pedagógicas e metodologias participativas aplicadas ao processo de incubação”, contou com importantes presenças. Romeu Sérgio é catador de resíduos sólidos e diz sempre buscar o conhecimento; Cicilia Peruzzo é referência em comunicação comunitária; do economista e professor da PUC/SP, Ladislau Dowbor, e da analista da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), Alba Maravilha. Foram destacados os aspectos da economia solidária: “É a produção mais justa, reúne saberes tradicionais com desafios variados. É preciso inovar, tendo sustentabilidade, parcerias, legalização”, salientou Alba. O diretor da Senaes/MTE (Secretaria Nacional de Economia Solidária/Ministério do Trabalho e Emprego), Valmor Schiochet falou da importância da parceria entre universidade e Economia Solidária: “Incubação é trazer quem está no campo da Economia Solidária e também quem ainda não está. A universidade só vai se transformar se trouxermos o povo para a universidade. É preciso transformar as instituições científicas, tecnológicas, acadêmicas em mais democráticas.”, disse ele. No período da tarde, professores e voluntários fizeram apresentações de trabalhos. Eram temas voltados à gestão, às metodologias de trabalho e à comunicação no processo de incubação de empreendimentos. Além disso, houve oficinas práticas de consultoria de imagem pessoal e profissional, reciclagem, hortas e sensibilização à palhaçaria.
Comunicar erros