Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Sociedade & Meio Ambiente / Novo compromisso global será oficializado pela ONU

Novo compromisso global será oficializado pela ONU

São os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

25/09/2015 00h48

Sonia Chapman, da área de Desenvolvimento Sustentável da Braskem. Foto: Nayara Tosi Dias

Nayara Tosi Dias

A partir de 25 de setembro, o mundo assumirá um novo compromisso que substituirá os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, vigentes desde o ano 2000 até este ano. São os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que já estão sendo chamados de ODS. São dezessete objetivos acordados através de uma ampla consulta a diversos públicos, bem como todos os países signatários da Organização das Nações Unidas (ONU), instituição responsável por coordenar e pactuar esses objetivos, definindo metas a serem alcançadas que envolvam os agentes de todo o mundo.

Em comparação aos Objetivos do Milênio, a inspiração é a mesma, porém alguns objetivos foram reformulados e outros são desdobramentos dos anteriores.  Além disso, são inclusivos às empresas que passaram a ter participação ativa na elaboração desse documento desde a Rio+20, participando de discussões e elaborando propostas que contribuam com a construção de metas que viabilizem a realização das ações até o ano de 2030. Entre elas está a Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros.

“Os ODS foram elaborados em um fórum mais amplo e com participação de representantes de governos, da sociedade civil e de empresas, portanto esses objetivos são mais tangíveis e afirmativos da contribuição do setor empresarial para o seu alcance”, destaca Sonia Chapman, da área de Desenvolvimento Sustentável da Braskem.

Para formalização do documento, será realizada entre os dias 25 a 27 de setembro de 2015, na sede da ONU, em Nova York, a Cúpula do Desenvolvimento Sustentável. Durante o encontro serão divulgados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas para acabar com a pobreza e promover universalmente a prosperidade econômica, o desenvolvimento social e a proteção ambiental.  

“Esse evento será um marco importante na construção de metas que viabilizem o desenvolvimento sustentável no Brasil e no mundo. Acredito que nosso país tem um grande potencial para influenciar o comportamento mundial, por meio de ações que nos levem ao alcance de uma economia verde e a novos hábitos por parte de toda a sociedade”, complementa Sonia Chapman.

Para informações adicionais, acesse http://nacoesunidas.org/pos2015/

Comunicar erros