Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Notícias / 2013 / Projetos do meio ambiente dão destaque à região do ABC

Projetos do meio ambiente dão destaque à região do ABC

As cidades estão mais conscientes e por isso criam projetos e campanhas para melhorar este fator

12/09/2011 17h23 - última modificação 08/08/2014 13h25

Mallory Rodrigues
Michely Luisi
Taiane Galvão

 

O Grande ABC é uma região que se conscientiza sobre o meio ambiente, por isso busca ampliar as reciclagens de lixos em suas cidades. Segundo o jornal Metro, em dois anos, Santo André triplicou a reciclagem de lixo, passando de 2,5% em 2011 para 8% no período de janeiro a setembro de 2013. Já em São Bernardo do Campo a taxa foi menor, nos últimos dois anos o material coletado passou de 0.9% para 1,3%. Em São Caetano do Sul a contagem do material reciclado se iniciou em 2009 e depois de dois anos a taxa era de apenas 1%. Em todos os municípios as coletas são feitas de porta em porta e as prefeituras pretendem implantar novos ecopontos, porém ainda não são realizadas coletas para os lixos orgânicos e úmidos que geram problemas ambientais e de saúde pública.

Atualmente, existe uma campanha na cidade de São Caetano do Sul que leva o nome de “Boca de lobo não come lixo” que tem como objetivo diminuir as enchentes e dar visibilidade às bocas de lobo, com uma linguagem descontraída, de modo que as pessoas entendam a sua importância urbana, pois o lixo despejado incorretamente nas ruas, nos terrenos baldios, nas margens dos córregos e rios é um dos grandes vilões.

Neste cenário também, a Universidade Metodista de São Paulo, uma instituição de grande nome, colabora para o crescimento da região e contribui na questão do meio ambiente. Ela possui um Núcleo de Sustentabilidade e uma Agência Ambiental, que coordena projetos como: Educação Ambiental, Coluna Espaço Verde, temas como a Represa Billings, a Mata Atlântica, mudanças climáticas e extinção e produção de lixo.

Além desses projetos, a Metodista está com uma campanha que tem como objetivo recolher retalhos de tecido e garrafas pet para o setor de brindes institucionais, composto por funcionários com deficiência física e mental, que eles irão transformar em decorações natalinas.

Os projetos e os programas voltados para meio ambiente, tanto da Metodista quanto os realizados na região do ABC, tem intuito de melhorar a vida das pessoas, provocando não só alterações em seus comportamentos, mas também, ajudando essas a perceberem a importância e necessidade de preservar o que existe ao seu redor.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: