Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Notícias / 2013 / Autogestão de Carreira

Autogestão de Carreira

Definir metas pessoais é importante para o desenvolvimento do profissional

12/09/2011 17h23 - última modificação 08/08/2014 13h25

Layara Ariane
Larissa da Silva

Após o recebimento de feedback, muitos ficam com dúvidas de quais passos devem seguir. É nesse momento que se deve parar e refletir sobre tudo o que foi tratado na conversa com o líder, ou seja, os pontos fortes e  os pontos a aprimorar, para então, a partir daí, pensar quais caminhos podem ser trilhados.

Primeiramente defina aonde quer chegar, analise quais são os pré-requisitos necessários para isso, e faça uma auto avaliação dos requisitos que tem e quais precisam ser desenvolvidas. Em seguida, elabore um plano de ação, envolvendo quais são seus objetivos em curto, médio e longo prazo.

Esse processo pode receber o nome de Plano de Desenvolvimento de Carreira ou Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), e é importante ressaltar que ele não deve ser estático, portanto, deve ser revisado e ajustado periodicamente. O PDI é o registro das intenções do profissional, dessa forma, pode ser uma anotação em um caderno, na agenda ou simplesmente, um documento eletrônico.

“Para as empresas é importante conhecer os talentos que ela tem. Com o PDI, os colaboradores demonstram o seu desejo e aonde quer chegar e, partir disso, a empresa traça um plano de acordo com as habilidades, já treinadas, e principalmente com a existência de uma vaga. Com isso, a empresa ganha tempo em um processo seletivo, e o colaborador atinge a satisfação para aquele momento da sua carreira”. – comentou Emmanuel Souza, Especialista em Treinamento e Desenvolvimento há sete anos.

Cada um é responsável pelo gerenciamento da própria carreira, que além da esfera profissional, levando isso em consideração, outro fator importante nesse processo é o compartilhamento de PDI com os líderes e pares, na tentativa de confirmação das aspirações pessoais, com as reais possibilidades de crescimento.

Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui?

Isso depende muito para onde queres ir – respondeu o gato.

Preocupa-me pouco aonde ir – disse Alice.

Nesse caso, pouco importa o caminho que sigas – replicou o gato.

“Alice no Pais das Maravilhas” – Lewis Caroll.

Comunicar erros