Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Notícias / 2011 / Outubro / Profissionais buscam curso EAD para complemento da formação

Profissionais buscam curso EAD para complemento da formação

Cursos EAD crescem 40% ao ano segundo a Associação Brasileira de Ensino à Distância

12/09/2011 17h23 - última modificação 08/08/2014 13h25

“A procura pela modalidade EAD se justifica pelo fato de que o mercado de trabalho esta exigindo mais", explica o tutor Marcelo Gonçalves de Oliveira

Thamara Caldeiram, Mariana Parizatto, Nathalie de Freitas e Anna Carvalho

Foto: Thamara Caldeiram

 

Os cursos de Educação à Distância ou EAD conforme são chamados na linguagem popular tem se tornado uma opção para aqueles que não dispõem de tempo para um curso presencial. Alguns motivos para a escolha desta modalidade de ensino estão relacionados aos menores custos (diretos e indiretos) como transporte, mensalidade, distância, flexibilidade de horários e facilidade no acesso de conteúdos.
Os cursos não presenciais já se tornaram muito comuns nas principais universidades e faculdades da capital. O que antes era um sonho distante, hoje se reflete num mercado em ascensão que se tornou uma ponte para a conquista do diploma do curso superior.
Para o analista Edson Girão, a idade avançada e muitas responsabilidades no emprego o fizeram optar pela faculdade on-line. “Ganho tempo e evito um ambiente que poderá ser desgastante, além da comodidade de estudar em casa”, Disse.
Os cursos EAD são procurados na sua grande maioria por profissionais que buscam o aperfeiçoamento e/ou complemento à uma formação anterior visando agregar conhecimento e se especializar em assuntos de seu interesse. “Dentre as vantagens do curso à distância podemos citar maior autonomia do aluno, pois ele tem a escolha de estudar nos horários livres dentro da sua rotina diária de atividades, embora se exija muito mais disciplina”, Explicou o tutor de curso EAD Marcelo Gonçalves de Oliveira da Universidade Federal do Ceará.
Segundo dados da ABED - Associação Brasileira de Ensino à Distância, a procura por cursos EAD cresce 40% ao ano e vem se consolidando fortemente, complementa.
Um contraponto que deve ser observado é que esses cursos ainda não tem o mesmo reconhecimento que o ensino tradicional, pois são vistos apenas como uma opção para alunos que moram em cidades distantes dos grandes centros.
Para Edson, isso ainda vai ser superado com o tempo e por isso, já planeja a próxima formação. “Pretendo fazer minha pós-graduação também à distância, só estou em dúvida na área de formação.” Declarou.
Segundo Marcelo Gonçalves de Oliveira, “A procura pela modalidade de cursos à distância se justifica pelo fato de que o mercado de trabalho esta exigindo mais nas suas contratações profissionais graduados como formação mínima”.

Comunicar erros