Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Nosso Campus / Programa Santa Maluquice marca Semana de Psicologia

Programa Santa Maluquice marca Semana de Psicologia

Ela aconteceu na UMESP entre 21 e 25 de setembro no campus Planalto

02/10/2015 00h50 - última modificação 08/10/2015 23h30

Integrantes do Programa Santa Maluquice. Foto: Arquivo Pessoal

Amanda Wendy Beltran
Camila M. Vitor

Realizada por alunos e professores, a 38º Semana da Psicologia da Universidade Metodista teve como tema “Formações de hoje, práticas do amanhã” e contou com palestras de diferentes abordagens. O evento ocorreu entre 21 e 25 de setembro, trazendo consigo o objetivo de agregar conhecimentos na formação dos alunos, profissionais e interessados sobre a prática e atuação da psicologia em diferentes meios.

Em 24 de setembro, os graduandos e interessados no tema puderam conhecer o Programa Santa Maluquice, que foi fundado por acadêmicos do 1º ano de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo em julho de 2003, a partir da necessidade de proporcionar aos estudantes uma relação maior entre o paciente e os profissionais da saúde , considerando que devido a alguns tratamentos que necessitam de internação, as crianças ficam distantes do seu ambiente habitual de familiares e amigos.

Desta forma, o programa vem para tornar o dia a dia das crianças internadas mais agradável através do ato de brincar, gerando maior interação do paciente com o profissional da saúde, minimizando medos e traumas, tornando o atendimento mais humanizado, e não reduzido a um mero prontuário. Agregar conhecimentos e compartilhar experiências foram as palavras-chaves para a Giuliana D’Amaro, Presidente do Santa Maluquice, depois que expuseram os métodos de trabalho com os alunos durante a apresentação da palestra.

Para a aluna Beatriz Ayrosa do 4º semestre de Psicologia, o diferencial da Semana é principalmente o aprendizado: “são coisas que não aprendemos na sala de aula, são temas importantes para nossa formação.” Alguns temas abordados foram a psicologia positiva e estimulação cerebral para o tratamento da depressão refratária.

Comunicar erros