Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Nosso Campus / O papel da Assessoria Pedagógica na inclusão acadêmica

O papel da Assessoria Pedagógica na inclusão acadêmica

Como o núcleo auxilia a vida de estudantes com deficiência

21/09/2017 00h47

Esta exposição é um exemplo da inserção de jovens com deficiência no mundo acadêmico

Gabrielle Dowalite
Marjorie Camargo
Foto: Marjorie Camargo

A Assessoria Pedagógica para Inclusão, localizada no Campus Rudge Ramos, é um núcleo da Universidade Metodista de São Paulo, fundado em 2005, com o intuito de garantir que pessoas com deficiências físicas e intelectuais tenham acesso ao ensino superior e consigam finalizá-lo com qualidade.

            A Inclusão busca mostrar que as diferenças devem ser respeitadas e exploradas nos ambientes educacionais, profissionais e sociais, realizando mais do que simplesmente juntar pessoas com e sem deficiência em um mesmo local, e sim incluí-los de uma forma flexível e inovadora para que tenham a oportunidade de aprender entre si.

            O núcleo realiza atividades como apoio psicopedagógico, difusão da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e inserção de intérpretes na instituição, capacitação de docentes e eventos, como, por exemplo, a Semana da Inclusão, que acontece entre 18 e 21 de setembro nos três campi da universidade.

            Para entender como acolher os estudantes com deficiências e auxiliá-los no desenvolvimento de seus potenciais, Nayane Cardoso, coordenadora da Assessoria de Inclusão da UMESP, explica: “Precisa ser um exercício coletivo nosso, todo mundo precisa entender que é mais do que uma cota, é um direito da pessoa estar aqui. A troca de experiências é muito importante, porque quando eu compartilho as minhas dificuldades com o outro, a gente consegue achar caminhos”.

 

Comunicar erros