Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Mundo Corporativo / Práticas de Responsabilidade Social no mundo corporativo

Práticas de Responsabilidade Social no mundo corporativo

Envolvimento e participação dos funcionários garantem resultados que agregam valor

07/09/2017 01h26

Priscila de Freitas, coordenadora de comunicação interna

Gabriel Gomes
Luís Eduardo Oliveira
Foto: arquivo pessoal

 A sociedade está mudando, as pessoas estão se preocupando mais com questões sociais e ambientais, e para se adequar a essa nova a realidade, as empresas estão incluindo, em suas práticas diárias, projetos de responsabilidade social.

No mundo corporativo, a responsabilidade social está relacionada à educação, segurança, reciclagem, projetos com a comunidade, esporte, entre outros. As empresas buscam se aproximar das pessoas, e por meio de projetos, engajar seu público interno, como em ações de voluntariado.

Para Priscila de Freitas, coordenadora de Comunicação Interna na Novelis, “atualmente, os profissionais querem mais do que um emprego. Eles estão em busca de um propósito. A empresa que possui iniciativas sociais desperta orgulho nos profissionais e, com isso, a avaliação deles é mais positiva, aumentando a admiração que eles têm da cultura corporativa”.

Mais do que apenas praticada, a reponsabilidade social precisa estar presente na cultura organizacional: quanto mais envolvido, mais engajamento e retorno, o profissional trará para a empresa. “O engajamento dos profissionais que participam, ou até mesmo conhecem as iniciativas sociais da empresa, é maior. Eles são mais felizes com os seus empregadores”, reforça Priscila de Freitas.

Entretanto, há diversas dificuldades enfrentadas pelas empresas na condução de novos projetos, como, por exemplo, alcançar todos os profissionais, mensurar os resultados, gerenciar influências externas ou identificar oportunidades. Ainda segundo Priscila, “de maneira geral, a principal dificuldade para a maioria das empresas é fazer o link entre as iniciativas sociais e o alinhamento com o negócio/estratégia da empresa”. 

Comunicar erros