Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Mundo Corporativo / A importância da etiqueta empresarial

A importância da etiqueta empresarial

Práticas e necessidades da educação hoje no mundo corporativo

06/09/2017 23h30

Matheus Henrique P. dos Santos, analista de RH da empresa Basf Brasil

Allana Alvares
Gabriela Maria Porto
Foto: arquivo pessoal

 Na atualidade, uma nova tendência vem inovando as práticas e necessidades da educação no mundo corporativo: modelos organizacionais se tornaram cada vez menos formais, facilitando assim, a interação e comunicação dos públicos da empresa. Esta preocupação na formação e capacitação dos profissionais é para tornar os serviços eficientes e alavancar os resultados das empresas.

Embora a educação corporativa tenha finalidades diversas, nos limitaremos a ressaltar a importância da implantação de ações que contribuam para o desenvolvimento de comportamentos e atitudes a serem seguidas no ambiente empresarial.

Algumas corporações possuem códigos de ética e conduta a serem seguidos, que além de direcionarem os funcionários de suas normas de conduta, podem ser um importante instrumento para solucionar possíveis conflitos internos e auxiliar na ordem e transparência da empresa.

Para Matheus Henrique P. dos Santos, analista de RH da empresa Basf Brasil, a educação corporativa possibilita o progresso por meio do aprendizado: “Quando você treina o colaborador, você possibilita que ele utilize aquele aprendizado para o desenvolvimento profissional dele e para o desenvolvimento da empresa”.

De acordo com um estudo da Universidade Americana de Harvard, dois terços das demissões das empresas são causadas por dificuldades no relacionamento interno. Este dado nos revela o quão fundamental, se torna, a “etiqueta empresarial”, que se resume à capacidade de optar pelo comportamento mais adequado para o convívio social dentro de uma empresa e que tem como objetivo reduzir conflitos entre o público e as organizações, gerando um ambiente de cooperação, parceria e confiança.

 “A maior dificuldade está em desconstruir modelos que por muito tempo deram certo. A utilização da tecnologia como parceira de negócio, ainda mais com a indústria 4.0, é fundamental para o sucesso de qualquer empresa e quanto maior for a dificuldade em se adaptar a esse modelo, mais atrasada será a empresa”, conclui Matheus.

 

Comunicar erros