Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Mundo Corporativo / A clipagem como forma de se diferenciar no mercado competitivo

A clipagem como forma de se diferenciar no mercado competitivo

Ela viabiliza a análise qualitativa e quantitativa das notícias veiculadas

25/09/2015 00h55 - última modificação 25/09/2015 01h01

Nathalie Luques, assistente da Unilever. Foto: arquivo pessoal

Izabelle Miari

A imagem que o público tem de uma empresa, é uma preocupação das organizações que cresce cada dia mais. As ferramentas que facilitam esse conhecimento e que também ajudam a saber das ações da concorrência, conhecendo seu mercado de interesse, podem gerar novos negócios e apresentar resultados de campanhas.

A clipagem, ou clipping é uma dessas ferramentas estratégicas utilizadas na assessoria de imprensa. Uma das ações realizadas na clipagem é um levantamento de informações que viabiliza uma análise qualitativa ou quantitativa do que é publicado e o monitoramento e seleção de notícias em todos veículos de mídia impressa, eletrônica ou digital.

Segundo Nathalie Luques, Assistente de Departamento Personal Care, da Unilever, com o método, o cliente pode visualizar quantas vezes não foi preciso investir valor monetário por um espaço publicitário, para ter seu nome ou o nome de sua empresa/produto divulgado. A clipagem é, portanto, uma espécie de avaliação de resultados.

Para haver essa análise do que é publicado sobre a empresa e conseguir um acompanhamento de mercados de interesse, facilitando as ações da concorrência, deve haver um cuidado especial com a réplica de notícias e com a infinidade de veículos na web. Assim o clipping pode ser utilizado também na formação de novos negócios.

Nathalie ainda afirma que “por ser um trabalho minucioso e detalhado, além da alta variedade de veículos, a clipagem pode ser considerada um ponto fraco da comunicação”. Ela explica ainda como o trabalho deve ser realizado. Primeiro há o recorte de matérias, organizadas com informações como data, veículo, seção e assunto. São selecionadas as matérias que mais despertam o interesse do público e as mesmas são enviadas para o cliente com um relatório qualitativo.

Entender situações, como os benefícios que pessoas comuns, empresas, políticos ou governos podem obter com essa atividade de monitoramento, ou ainda, a identificação sobre comentários de assuntos ou temas que a mídia divulga, são algumas questões que podem facilitar o entendimento acerca dos benefícios da prática da clipagem e seus aspectos positivos.

Comunicar erros