Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Carreiras e Tendências / Personal Party: A nova tendência do mercado de eventos

Personal Party: A nova tendência do mercado de eventos

Assessoria total para facilitar o processo e tranquilizar o cliente

08/12/2016 19h49

Bárbara Biondi se especializou em Personal Party

Felipe Silva Sant’ Ana
Victor Brandão de Jesus
Foto:  Arquivo Pessoal 

 

Muitas vezes achamos que a organização de um evento é uma simples tarefa, porém, com tantos detalhes e imprevistos quase sempre presentes, eles acabam sendo complexos para quem não está habituado com a função de organizador. Pensando nisso, foi inserido no mercado uma nova e revolucionária tendência, a Personal Party, isso mesmo, uma pessoa que organiza e acompanha seu evento do pré ao pós.

Como a cada dia que passa a vida fica mais corrida, as pessoas acabam não tendo tempo para nada, desta maneira, o serviço oferecido é uma excelente alternativa, a assessoria é personalizada, com ideias inovadoras, além de muito elegantes e requintadas. Isso para qualquer tipo de evento, seja ele um aniversário, um casamento, um chá bar, um noivado, um evento corporativo, etc.

Essa assessoria é completa do início até final do evento, selecionando todos os serviços necessários como: buffet, fotografia e filmagem, convites, calígrafo, doces, bolos, salgados, decoração, cenografia, trajes, serviços de bebidas e bartender, livro de presença, lembranças, entre outros, ou seja, tudo que uma festa precisa.

Bárbara Biondi, que é uma das profissionais mais requisitadas do ramo, fascinada pelo mundo dos eventos, entrou nessa com o intuito principal de colaborar com a realização dos sonhos das pessoas.

Mini Wedding e decoração são o foco de Bárbara.  O Mini Wedding consiste num casamento intimista onde o casal não gasta muito com o valor de uma superprodução e sem muitos convidados, assim aproveitando mais este momento especial. Segundo Bárbara, “detalhes fazem a diferença, por isso faço do evento um momento único e especial, afinal, festejar é preciso!”.

Comunicar erros