Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Carreiras e Tendências / Empreendedores jovens

Empreendedores jovens

Quem nunca sonhou em  ter um negócio, trabalhar com aquilo que gosta?

12/12/2016 17h54

Desiree Carmona Di Capua de 20 anos, dona da Garagem da ROJ

Carolina Deco
Izabela FernandesDeco 
Heloisa Oliveira  
Foto: Carolina Deco 
 

O empreendedorismo é um caminho promissor e interessante para os jovens que estão entrando agora no mercado de trabalho. A possibilidade de ser o próprio chefe é um convite quase irrecusável, além de ser uma opção escolhida, cada vez mais pelas pessoas. Mas é preciso estar preparado: os jovens empreendedores têm um longo caminho pela frente. É tão recompensador quanto intenso, tão promissor quanto difícil. 

A jovem Desiree Carmona Di Capua, de 20 anos, é exemplo de quem sempre quis isso. E conseguiu. Abriu seu próprio negocio. Ela nos conta que quando recebeu uma quantia para investir e viu que a demanda de empregos estava bem menor que a procura, não pensou duas vezes e abriu sua lanchonete, a Garagem da ROJ. Mesmo com todo o apoio familiar foi difícil convencer a todos que era uma boa ideia: ”Ainda é complicado para alguns familiares aceitarem que a jovem não vai tentar uma vaga naquela multinacional famosa”. 

Ela fala que uma das suas maiores dificuldades foi toda a burocracia para se começar uma empresa, pois são pilhas de documentos, certificações e declarações que exigem muita disposição e interesse para entender e correr atrás de tudo, e fazer o balanceamento de preço com um mercado em crise. 

A dica é sempre ter um bom contador, um profissional de administração ou um bom coaching empresarial, que são aliados importantes nesse processo! Aprender na prática tem consigo a oportunidade de adquirir experiência em gestão com o seu próprio negócio, descobrindo caminhos e melhores soluções e opções para o sucesso. 

Na experiência de Desiree, ela relata que se tornou uma pessoa mais realista e mais madura: “Cuidar de um negocio me tornou adulta. Tive que aprender a controlar o meu dinheiro e os meus gastos, tive que me acostumar a fazer tudo sozinha. É difícil. Você vai se estressar muito e dormir quase nada, mas se você acredita na proposta e está disposta a fazer sempre mais e melhor, a recompensa é grande. Tudo no começo é complicado, porém é preciso estar disposto a aprender com os erros e valorizar cada acerto”. 

 

Comunicar erros