Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Carreiras e Tendências / E-learning como ferramenta de aperfeiçoamento

E-learning como ferramenta de aperfeiçoamento

A metodologia de ensino online tem trazido grande diferencial às organizações

30/10/2015 00h17

Mariana Margherito Espinoza, Coordenadora de E-learning e Portal Corporativo da TAM Linhas Aéreas. Foto: Arquivo pessoal

Débora Paolucci
Isabelle Lima

Atualmente as organizações estão utilizando uma nova ferramenta interna para o aprimoramento de seus profissionais, o e-learning. Conhecido como um método de ensino online, onde os colaboradores podem realizar treinamentos sem sair da sua mesa de trabalho, o e-learning é uma metodologia de educação não presencial e mediada pela tecnologia, o que traz mais conforto ao funcionário e também, um gerenciamento nos custos da própria empresa.

De acordo com Mariana Margherito Espinoza, Coordenadora de E-learning e Portal Corporativo, na empresa TAM Linhas Aéreas, “dentro das organizações, a ferramenta proporciona diversas vantagens e benefícios, pois possibilita ao colaborador/aluno ser o protagonista da sua aprendizagem, organizando-se de acordo com os seus horários disponíveis e definindo seu ritmo de estudos”.

Para as empresas, apresenta uma expressiva redução de custos e de tempo, se comparado ao ensino presencial, distribuindo conteúdos atualizados em massa e simultaneamente a todos os participantes, o que facilita o acompanhamento e registro da participação do colaborador no curso, nas avaliações e na plataforma de aprendizagem.

Mariana ressalta a importância da infraestrutura oferecida pela empresa, que deve contemplar hardware, software, internet, mobiliário e ambiente adequados para o uso da ferramenta, caso contrário não será possível obter os resultados esperados após a realização dos cursos online. Este é um fator a ser pensado desde o início do projeto de implantação do ensino à distância dentro das empresas.

Mesmo com o crescente número de e-learnings no Brasil e no mundo, infelizmente hoje ainda não existem muitos profissionais qualificados para exercer essa função e tal situação se dá porque não existe uma graduação específica sobre o tema. Para trabalhar nessa área é necessário ter diferentes habilidades e conhecimentos, como por exemplo, educação de adultos, tecnologia, comunicação e design.

Como vivemos em um mundo totalmente tecnológico, esta ferramenta qualifica o currículo profissional dos colaboradores proporcionando um diferencial na carreira, uma vez que quanto mais conhecimento, mais possibilidades de crescimento no mercado corporativo podem surgir.

“Vejo o e-learning como uma metodologia que veio para ficar e que tem por si só uma capacidade transformadora de inclusão. O e-learning é generoso, porque torna o conhecimento acessível em qualquer lugar, a qualquer momento, bastando apenas, um dispositivo móvel e internet”, conclui Mariana.

Comunicar erros