Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Carreiras e Tendências / Como se destacar como assessor no mercado de trabalho

Como se destacar como assessor no mercado de trabalho

O profissional precisa ter uma visão global do negócio

20/11/2015 01h15

Adriana Cardoso, assessora de imprensa da agência MSLGROUP. Arquivo Pessoal

Asindayle Apangesy
Caroline Favero
Maria Eugenia Lucchesi

Uma das ferramentas do âmbito da comunicação, desenvolvida para as organizações obterem um relacionamento com a mídia é a assessoria de imprensa, ela envolve diferentes áreas como publicidade, jornalismo, relações públicas e propaganda. O serviço tem como principal objetivo dar visibilidade à organização junto a veículos de comunicação (jornal, site, revistas, rádio e emissoras de televisão).

O mundo atual vive na era da informação e é a imprensa responsável por divulgar tais dados. As empresas que comunicarem suas ideias e produtos da melhor maneira, ganham destaque entre outros concorrentes no mercado competitivo.

O dinamismo na agência e o responsável pela assessoria de imprensa são de extrema importância, uma vez que o desenvolvimento de estratégias, criação de releases, sugestões de pautas e agendamento de entrevistas podem influenciar na obtenção de resultados. Desta forma, é recomendável um assessor de imprensa que conciliará os interesses da mídia com os da sua empresa.

Um dos objetivos principais deste profissional é tornar o seu cliente conhecido nos meios e despertar através de divulgação, o interesse da mídia para os assuntos relacionados ao mesmo. Para isso, é necessário que o assessor de imprensa tenha um bom relacionamento com diversos jornalistas e avalie quais veículos deseja atingir, o que facilita o acesso à publicação de reportagens referentes ao tema que é alvo do trabalho.

Adriana Cardoso, assessora de imprensa da agência MSLGROUP Espalhe, acredita que o principal desafio para um assessor é ser criativo, pensar fora da caixa e fazer uma comunicação integrada unindo o mundo online e offline.

Ela pontua estratégias eficazes como “entender quem é o seu público? Qual o target? Como o assessor quer que esse público enxergue a sua marca/empresa/pessoa com pesquisas de mercado, de cenário e com a imprensa. Como a imprensa vê esse cliente? E como ele será visto a partir da construção da imagem que faremos para ele”.

O assessor de imprensa tem que ser altamente qualificado, deve conhecer as estruturas de funcionamento de diferentes veículos de comunicação e estar sempre informado sobre os acontecimentos do dia-a-dia. Além disso, deve trabalhar com informações selecionadas e direcionadas que contenham dados estatísticos sobre o segmento desejado.

Atualmente o mercado conta com muitos jornalistas ou relações públicas, sem experiência, que entram em organizações e começam a realizar assessoria de imprensa, o que prejudica o ambiente e o retorno esperado pelas empresas. Adriana Cardoso defende uma formação para entender a profissão como um todo, mas independente do diploma o que o faz um profissional se diferenciar é seu interesse, sua curiosidade em aprender todos os dias com erros e acertos que são adquiridos no dia-a-dia.

Por isso, o mercado exige cada vez mais de um profissional a visão global de um negócio, sendo imprescindível que o assessor de imprensa também possua conhecimento em outras áreas e aumente a cada dia o seu leque de assuntos. 

Comunicar erros