Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Carreiras e Tendências / Como o uso das redes sociais pode interferir nas organizações

Como o uso das redes sociais pode interferir nas organizações

Cada dia mais as empresas procuram profissionais pelo Facebook e Twitter

28/09/2017 01h25 - última modificação 28/09/2017 01h23

Gabriele Guedes
Amanda Balista
 

O uso de redes sociais no ambiente de trabalho é um dos maiores erros cometidos pelos entrevistados. Por muitas pessoas acharem que as redes sociais - Facebook, Instagram, Twitter, etc, são para desabafar, expor opiniões e informações que nem sempre são favoráveis como ofensa, preconceito, para descriminar alguém ou algo, não entendem que o ambiente empresarial cada vez mais procura perfis em redes sociais que possam agregar valores positivos à empresa, pois na maioria das vezes os candidatos estão sendo analisados pelos recrutadores.

 Eles identificam o comportamento dos candidatos nas redes sociais buscando um perfil adequado, com aparência profissional, boa personalidade, pessoas atualizadas que compartilham informações e notícias positivas, ou seja, a internet é uma vitrine pessoal e profissional, que serve para influenciar os critérios de escolhas dos recrutadores.

Jessica Freitas, instrutora e psicóloga do Instituto SABER, afirma que na sociedade atual que é altamente conectada, a internet torna-se uma ferramenta de comunicação cada vez mais utilizada, por proporcionar a troca de informações de maneira instantânea e com uma abrangência mundial.

Por isso, o comportamento nas redes sociais pode influenciar a contratação de um profissional , pois os candidatos esquecem que qualquer um tem acesso as redes sociais, principalmente as empresas que estão à procura de candidatos íntegros tanto no ambiente corporativo quanto no dia a dia, mantendo uma boa reputação para a empresa.

 

 

 

Comunicar erros