Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Carreiras e Tendências / Aplicativos para celulares são tendência na educação

Aplicativos para celulares são tendência na educação

Interesse da nova geração impulsiona mercado

07/09/2017 00h35 - última modificação 07/09/2017 00h35

Lanna Nepomuceno, professora da rede pública de São Bernardo do Campo

Lucas Lima
Kauê Rocha
Foto: Lucas Lima

A tecnologia cada vez mais faz parte do dia a dia da população, simplificando processos e conectando pessoas em qualquer lugar e a qualquer momento. Na educação não é diferente, o que antes eram estudos através de livros e bibliotecas, hoje são sites e internet, que permitem encontrar os mais variados conteúdos.

Seguindo esta linha, uma nova tendência tem chamado a atenção de estudantes e instituições de ensino. A criação de aplicativos para celulares voltados para educação abriu uma janela de possibilidades, que promete facilitar ainda mais a vida dos acadêmicos. É o acesso ao conhecimento na palma da mão.

Os segmentos são os mais variados, desde aplicativos que ajudam alunos a se prepararem para vestibulares ou que ensinam línguas estrangeiras, até aqueles que funcionam como canal de comunicação e troca de conteúdos entre alunos e professores.

O fato das crianças terem contato com o mundo digital cada vez mais cedo é algo que facilita o crescimento desta tendência. Para a professora da rede pública de ensino de São Bernardo do Campo, Lanna Nepomuceno, “as crianças estão inseridas em um universo tecnológico e tudo o que faz parte deste contexto desperta o seu interesse”.

Quando questionada sobre a possibilidade de usar este recurso na rotina escolar, Lanna responde: “Esses aplicativos quando bem utilizados podem ser uma ótima ferramenta para descoberta e fixação de conhecimentos. Para isso é necessário pesquisar os aplicativos que melhor se adequem as suas necessidades e objetivos”.

Comunicar erros