Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RH Energia / Notícias / Primeira usina de tratamento de biogás no Brasil

Primeira usina de tratamento de biogás no Brasil

26/08/2014 20h25

Construída no Aterro Dois Arcos, no Rio de Janeiro, a Usina de Tratamento de Biogás vai eliminar os resíduos tóxicos de gases emitidos pelo lixo de 8 municípios, gerando gás natural renovável (GNR). A meta é produzir 6.000 m³ de gás por dia; nos próximos anos espera-se chegar na faixa de 20.000 m³ de gás por dia.

O projeto recebeu investimentos de R$ 18 milhões, mas os benefícios estão além desta conta. Além de ser o primeiro empreendimento do tipo no Brasil, o gás produzido será usado, de início, na indústria e em caminhões de lixo movidos a gás natural veicular (GNV). No futuro, quando a usina for ligada à Companhia Estadual de Gás do Rio de Janeiro (CEG-Rio), o biogás gerado irá se misturar ao gás natural e distribuído ao público sem custos extras. Este processo fará com que 470 mil toneladas de dióxido de carbono deixem de ser emitidos na atmosfera até 2020, além da possível geração de créditos de carbono e ser comercializado para outras regiões.

"De acordo com o pesquisador do Instituto Luiz Alberto Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),  Luciano Basto, o Brasil economizaria cerca de R$ 32 bilhões por ano se reaproveitasse todo o lixo produzido. Se a conta incluir os resíduos da pecuária confinada e da agricultura, a economia ultrapassaria R$ 100 bilhões anuais." (USINA...; AgênciaBrasil; 2014)

Basto ainda acrescenta que, sendo o Brasil agrário-exportador e importador de diesel e gasolina, utilizar o lixo e resíduos da zona rural para a geração de energia é uma enorme oportunidade para o país. O biogás tem competitividade e é uma solução para o problema do excesso de resíduos sólidos gerados diariamente e a questão ambiental dos aterros.

Fontes: EBC Agência Brasil e G1.Globo.

Comunicar erros