Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Rádio, TV e Internet / Notícias / Há 14 anos, alunos do 6° Semestre de Rádio, TV e Internet produzem programas ao vivo

Há 14 anos, alunos do 6° Semestre de Rádio, TV e Internet produzem programas ao vivo

Estudantes vivenciam a prática de uma transmissão em tempo real

25/11/2016 19h13

Estudantes criam, produzem, apresentam e divulgam um programa de TV ao vivo

O frio na barriga é uma sensação bem conhecida dos alunos do 6° Semestre de Rádio, TV e Internet da Universidade Metodista de São Paulo. Durante esse período, os estudantes criam, produzem, apresentam e divulgam um programa de TV ao vivo, que é transmitido no campus e no Portal da Universidade. O nervosismo é grande e o aprendizado ainda maior.

“A experiência de participar de uma transmissão real é muito importante, pois lidam com os imprevistos que acontecem no mercado e vivenciam a rotina de produção do programa”, diz Marcelo Briseno Marques de Melo, coordenador do curso de Rádio, TV e Internet.

As transmissões ao vivo fazem parte do Projeto Integrado do 6° Semestre da graduação e são realizadas desde 2002 na Metodista. Nestes 14 anos, muitos alunos tiveram a oportunidade de colocar em prática os conceitos aprendidos em aula, além de vivenciar na prática como funciona um programa ao vivo.

“O projeto tem um valor maior do que a formação prática dos alunos, pois também tem como conteúdo, muitas vezes, a própria universidade, o bairro Rudge Ramos e o ABC, trazendo personalidades de relevância na região ou mesmo criando programas de TV que refletem a comunidade”, explica o professor.

Projeto Integrado

Para aumentar o desafio, os alunos precisam criar programas que se enquadrariam à grade de emissoras de TV aberta. Os grupos analisam as programações, levantam a concorrência entre os programas já existentes, fazem uma pesquisa de público-alvo e realizam um grupo focal. As propostas devem seguir os gêneros: Auditório, Culinário, Debate, Esportivo, Entrevista, Feminino, Game Show, Infantil, Moda, Musical, Rural, Saúde, Show e Talk Show, de acordo com as classificações dos gêneros e formatos televisivos do IBOPE e de autores como José Carlos Aronchi e Arlindo Machado.

Outra exigência do projeto é que o produto tenha as principais características de uma produção ao vivo: participação imediata do telespectador, interatividade em tempo real, assuntos atuais, dinamismo, link ao vivo, entre outros. Os alunos também têm que realizar a divulgação online e física para estimular a participação do público. “O feedback é muito bom, os alunos já vão se preparando para este projeto ao longo do curso com muita expectativa”, conta o coordenador.

Isadora Garcia, 21 anos, aluna do 6° Semestre noturno, parece concordar com o professor, já que acredita que esse projeto a auxiliará no futuro, quando estiver no mercado de trabalho. “Foi uma experiência bem enriquecedora tanto âmbito profissional quanto pessoal”, relata. Seu projeto foi o programa Expresso Saúde, um programa voltado a saúde e bem-estar.

Um telejornal humorístico chamado “Fora do Ar” foi o projeto apresentado por Giovana Pepinelli, de 19 anos. “Executei funções de produção, desenvolvimento de pautas para os links e matérias e maquiagem e a Pasta de Produção”, explica. O programa a ajudou agora que começou a trabalhar em uma emissora: “entrei com uma noção, por mais básica que seja, de como funciona a produção de um programa, cuidados necessários, etc. Esse projeto ajuda a ampliar as visões que nós alunos temos sobre produção de TV, que é totalmente diferente da produção de dramaturgia/internet, que são os projetos realizados nos anos anteriores”, conta.

Assista aos programas produzidos pelos alunos:

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,

MARCELO BRISENO - COORDENADOR
Marcelo Briseno
Veja o minicurrículo

 


 

selo-radioetv.png

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: