Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Rádio, TV e Internet / Notícias / Ex-aluno de Rádio, TV e Internet ocupa posição de gerência em empresa de educação corporativa

Ex-aluno de Rádio, TV e Internet ocupa posição de gerência em empresa de educação corporativa

Profissional entrou na área através de voluntariado na Metodista

06/07/2016 16h55 - última modificação 06/07/2016 18h43

Ricardo Padovani iniciou a carreira como voluntário na Metodista e hoje ocupa cargo de gerência

O estágio é a porta de entrada no mercado de trabalho e cumpre a função de complementar a formação do estudante universitário, tornando-o um profissional mais experiente, crítico e proativo.

“No estágio você consegue colocar em prática o que vê em sala de aula, e aprende muito pois tem que trabalhar com pessoas que não têm tanta tolerância quanto seus professores. Ainda assim, ele oferece experiência com um nível de responsabilidade um pouco menor do que em outros momentos da sua carreira”, comenta Ricardo Padovani Sanches, ex-aluno do curso de Rádio, TV e Internet da Universidade Metodista de São Paulo.

Formado em 2006, ele começou a trabalhar na área ainda nos primeiros anos da faculdade. Nesse início de carreira encontrou dificuldades, já que a maior parte das empresas exige experiência na área. Foi nesse ponto que o trabalho dentro da Universidade foi fundamental.

“Eu comecei a trabalhar na Rádio Metodista (hoje Rádio Sônica) como voluntário no primeiro semestre. Isso me abriu muitas portas e, no segundo semestre, consegui estágio na Rádio Mix”, conta.

O vínculo de teoria-prática é estimulado pela Metodista por meio de sua Central de Estágios, com o site Trabalhando.com, e da proposta de diversos trabalhos, eventos e atividades dentro da Universidade que colocam o aluno como protagonista de seu desenvolvimento profissional.

Aliadas aos conhecimentos adquiridos em sala, essas atividades permitem que os alunos tenham uma vivência prática para conhecer e compreender sua área de atuação. Conciliar trabalho e estudos não é tão fácil, mas foi o que ajudou Padovani a construir seu portfólio.

“Na época os estágios tinham oito horas, então era mais complicado. Mesmo trabalhando eu continuei como voluntário. Entrava às 6h na Mix, saía no final da tarde, ia para o trabalho na Metodista e depois para a aula”, relembra.

Mas para ele o mais difícil nesse início foi decidir os rumos para a carreira profissional, “acabamos seguindo oportunidades que nos ajudam mais financeiramente. É difícil encontrar o local onde estaremos mais motivados e identificar as oportunidades certas para nossa carreira”, afirma. É por isso que a Central de Estágios é importante, para auxiliar os alunos a encontrar bons estágios e acompanhá-los durante esse período.

Padovani hoje é Gerente de Serviços, da SOU – empresa especializada em Educação Corporativa e Gestão de Pessoas, e dá a dica para quem está iniciando sua carreira agora, como estagiário ou como recém-formado: “Tente fazer todos os seus trabalhos como parte de um portfólio, como se fossem entrevistas de emprego que podem abrir caminhos no mercado para você.”

Em 2014, Padovani deu uma entrevista à Nube TV sobre suas experiências profissionais, clique aqui para assistir.

Conheça a Central de Estágios da Metodista.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,

MARCELO BRISENO - COORDENADOR
Marcelo Briseno
Veja o minicurrículo

 


 

selo-radioetv.png

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: