Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Publicidade e Propaganda / Notícias / Novas colaboradoras da Artplan, alunas de PP destacam a importância dos PIs

Novas colaboradoras da Artplan, alunas de PP destacam a importância dos PIs

Projetos Integrados são o grande diferencial da Metodista, dizem alunas

28/10/2019 20h15 - última modificação 29/10/2019 19h53

Karine Monteiro e Letícia do Nascimento têm mais afinidades do que imaginavam. Além da idade em comum de 21 anos, estudaram Publicidade e Propaganda na Metodista, passaram pelos bancos e dashbords da agência-escola Lab.com, dedicam-se à redação publicitária e acabam de ser contratadas pela Artplan, uma das mais conceituadas agências no universo da comunicação.

As coincidências não param: ambas atribuem ao PIs (Projetos Integrados) o grande distintivo da Universidade Metodista de São Paulo na formação dos alunos. “São diferenciais que outras faculdades não têm. Esses projetos ajudam a colocar em prática o que você sabe, até mesmo na hora de montar portfólio, caso a área de interesse seja criação. Na hora da entrevista, dá para perceber nos olhos de quem está selecionando que se trata de um diferencial mesmo”, testemunha Letícia (foto 2).

As duas também concordam sobre a carreira e suas transformações. “É muito importante continuar nos atualizando em relação às mudanças do mercado e nos especializando na área. Pretendo fazer uma pós ou especialização em Escrita Criativa ou Redação Publicitária”, acrescenta Karine (foto 1).

 Karine e Letícia: agora clientes de verdade 

Acompanhe a entrevista que deram ao Portal da Metodista:

1 - Qual a expectativa de vocês com a Artplan?
Letícia Nascimento - Quando consegui a vaga, fiquei realizada. Foi quando percebi que todo o esforço valeu a pena. Espero continuar evoluindo e aprendendo cada vez mais. Mostrar um pouco de quem sou em cada trabalho, contribuindo para boas ideias sempre.

Karine Monteiro – Quero aprender muito mais sobre redação e ter a oportunidade de participar de campanhas diferentes, que me desafiem de alguma maneira.

2 – Quais serão suas funções?
Letícia - Aqui na Artplan sou redatora. Ajudo na construção de diversos textos, desde e-mail marketing e posts até suporte na criação de campanhas e ações.

Karine - O estágio tem funções muito parecidas com as que eu exercia na Lab.Com. A diferença é que aqui a gente trabalha com clientes bem maiores. Além da criação de posts e e-mail marketing, também tenho a oportunidade de criar roteiros para spots e merchandising, assim como KV (visual-chave) para anúncios.

3 – O que destacariam no curso de PP que tenha ajudado na carreira que se inicia?
Letícia - Estudei no período noturno e hoje estou no 8° semestre. Além da oportunidade de ter estagiado como redatora na Lab.Com, uma experiência que me transformou tanto pessoal como profissionalmente, destaco com toda certeza os PI’s. São diferenciais que outras faculdades não têm. Esses projetos ajudam a colocar em prática o que você sabe, até mesmo na hora de montar um portfólio, caso a área de interesse seja criação.

Na hora da entrevista, dá para perceber nos olhos de quem está selecionando que se trata de um diferencial mesmo. Em alguns casos, ficam até surpresos quando descobrem que são trabalhos acadêmicos, por ser algo bem rico e completo, que faria muito sentido sendo uma campanha real.

Karine - Estou também no 8º e último semestre e, ao longo do curso, os Projetos Integrados foram muito importantes para entender como é o processo de desenvolvimento e criação de uma campanha, como também para montar o portfólio antes do primeiro estágio.

4 - A atuação na Lab.com foi um degrau importante? O que marcou na Metodista?
Letícia - A chance de ter estagiado na Lab.Com. Lembro que era meu sonho entrar na agência-escola. Tive alguns amigos que também trabalharam lá e disseram que foi algo transformador, que te dá outra visão. O Jessé Nakel foi um dos profissionais que fizeram toda a diferença na minha carreira, ele foi realmente um mentor.

É como se você entrasse lá como um diamante bruto e saísse lapidado. Se você não está pronto para o mercado, tudo bem, a Lab.Com te deixa preparado. Lá você pode errar, aprender e errar de novo; não precisa saber tudo. Foi essa experiência que me deixou mais segura, me fez acreditar no meu trabalho e mostrar que sou capaz de chegar aonde quiser.

Karine - O estágio na Lab.Com foi importante para conhecer um pouco sobre mercado publicitário e a dinâmica de uma agência. Aprendi sobre técnicas de redação, mercado publicitário e alguns nomes que podem ser referência. Também pude me desenvolver pessoalmente. Foi uma experiência muito bacana.

A passagem pelo Projeto Rondon em janeiro deste ano foi também muito marcante para mim. A Operação Itapeva 11 me fez ter um olhar diferente da profissão e me despertou a vontade de trabalhar com publicidade para além da venda de produtos e experiências, mas também para ajudar quem vive em situações vulneráveis.

5 - Vocês participaram de seleção ou foram indicadas para a Artplan?
Letícia e Karine - Participamos de seleção.

6 – Já trabalharam em outras agências?
Letícia – Minha única experiência profissional foi na Lab.Com, onde fiquei por pouco mais de um ano. Foi esse o tempo que levei até me sentir pronta para um novo desafio.

Karine- Além da Metodista Lab.Com, não.

7 – Vão continuar estudando?
Letícia - Sim, com certeza. Pretendo me especializar cada vez mais na área, tanto em redação quanto na publicidade de modo geral. Acredito que seja importante estar ligada nos acontecimentos que afetam e contribuem para o mercado publicitário.

Karine - Sim, é muito importante continuar nos atualizando em relação às mudanças do mercado e nos especializando na nossa área de atuação. Pretendo fazer uma pós ou especialização em Escrita Criativa ou Redação Publicitária.

8 - Como veem a era digitam na área de PP e o que recomendam aos que estão começando?
Letícia – PP é uma área bem concorrida, na criação principalmente. Tem muita gente boa no mercado e você precisa disputar com essas pessoas, precisa mostrar que é capaz de estar à altura delas. Acho importante a elaboração de um bom portfólio, com trabalhos que você acredita ter a sua cara, ter um pouco de você, e nos PI’s isso é possível.

Fazer um trabalho bem feito, mostrar suas ideias e as coisas que podem deixar o mundo um pouquinho melhor é o que te faz ser notado hoje em dia. E para quem está começando: se você quer chegar a algum lugar e tem força de vontade para que isso aconteça, não desista. Quando a gente se esforça de verdade para atingir um objetivo, não tem como dar errado.

Karine - Acredito que a tendência é migrar cada vez mais para o digital, criando conteúdos diversificados para as marcas e que vão além da venda do produto. Para quem está começando, é importante ficar de olho em tudo o que acontece no meio publicitário, sempre acompanhando os cases e trabalhos das agências. Indico muito conhecer os cases de Cannes e, principalmente para quem é da criação, acompanhar o Clube de Criação.

Para quem está cursando Publicidade e Propaganda, deem o seu melhor e criem para os Projetos Integrados pensando em pasta. É uma oportunidade para quem ainda não teve a oportunidade de estagiar.

 

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,

KARIN MÜLLER- COORDENADORA


Minicurrículo

 

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X