Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Publicidade e Propaganda / Notícias / Alunos de Publicidade e Propaganda conquistam prêmios no Intercom Sudeste

Alunos de Publicidade e Propaganda conquistam prêmios no Intercom Sudeste

Grupos venceram nas categorias “Publicidade em outros meios” e “Anúncio impresso”

06/07/2017 17h15 - última modificação 25/07/2017 15h20

Por meio de atividades práticas que estimulam a criatividade, a colaboração em grupo e a superação de desafios, os alunos da Universidade Metodista de São Paulo vivenciam a realidade do mercado de trabalho ainda nos projetos da graduação.

A excelência atingida pelos estudantes da Metodista nesses projetos foi, mais uma vez, comprovada durante o XXII Congresso de Ciências da Comunicação (Intercom) Sudeste em que alunos de Publicidade e Propaganda tiveram seus trabalhos reconhecidos como os melhores na Expocom – Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação.

Competindo contra diversas universidades da região, dois grupos receberam os prêmios “Publicidade em outros meios”, pela campanha “Campeões Além do Tatame”, e “Anúncio Impresso”, pela campanha “Não me esqueça na gaveta, quando outro celular chegar”. Agora, partem para a etapa nacional, que será realizada em Curitiba no mês de setembro, para competirem com outros universitários de todo o País.

Campeões além do tatame

O grupo formado pelos estudantes do 6º semestre, Abner Henrique Dias, 24, Fernanda Paes, 22, Jessyca Agustino, 22, Karoline Borges, 21, e Robson Miguel, 24, criou a campanha “Campeões além do tatame” para a ONG Pequeno Samurai, que ensina Morganti Jiu-jitsu a crianças carentes. A campanha foi escolhida como a melhor na categoria “Publicidade em outros meios” de mobiliário urbano, anúncio em ponto de ônibus.

“Visitamos a ONG várias vezes para conhecer o projeto, e conhecer também os alunos. Após essa etapa, fizemos brainstorms para decidir qual seria a melhor maneira divulgar a ONG e desenvolvemos o conceito que basicamente abordava os benefícios que as crianças adquiriam no esporte e levavam para a vida, mesmo após o termino dos estudos, como: respeito, paciência, entre outros. Após isso criamos as peças on e off-line, juntamente com o logotipo e identidade visual para a ONG”, conta Dias.

Desde o início, o que ajudou o grupo a se dedicar ainda mais ao projeto foi considerar o trabalho como um case real, como conta Jessyca: “Além de ser nosso primeiro cliente real, era uma ONG e deveríamos fazer jus a grandiosidade que isso representava. Nos sensibilizamos e encontramos ali um motivo para dedicação. Unimos todo o aprendizado que tivemos ao longo do semestre com as orientações de todos os nossos mestres e colocamos em prática da melhor forma que poderíamos”.

E essa dedicação já é uma marca do grupo, que participou da Intercom também na edição anterior. “No ano passado, infelizmente, não levamos o prêmio, mas de certa forma isso nos preparou para essa segunda experiência. Ficamos muito felizes de trazer o troféu para casa e ter a oportunidade de ir para a etapa nacional. Acho que esse prêmio significa bastante. É resultado do nosso comprometimento e dedicação. Ainda estamos começando nossas carreiras, mas é muito bom ter esse reconhecimento e espero que isso seja projetado além das nossas carreiras acadêmicas”, declara Miguel.

“É a terceira vez que participo do Expocom, e a segunda que ganho um prêmio. É uma sensação muito boa de ver seu trabalho sendo reconhecido, não só pelos professores, mas por outras pessoas, isso nos dá mais "fôlego" para seguir em frente nos demais semestres da faculdade. Foi uma experiência diferente trabalhar pela primeira vez com um cliente real, ter necessidades reais, algo que com certeza nos ajudou a crescer como universitários e como profissionais também”, complementa Fernanda.

Para Karoline, o prêmio teve um significado importante para a vida profissional, assim como para sua vida pessoal: “Fui ao Rio de Janeiro representar a agência e apresentar o projeto. Participar foi muito válido e receber o prêmio foi a resposta de que nosso esforço valeu a pena e de que estamos no caminho certo. Esse prêmio na vida acadêmica nos agrega muito e traz um certo reconhecimento que nos motiva ainda mais. Espero que possamos levar essa experiência e motivação como um exemplo para a vida profissional”.

Não me esqueça na gaveta, quando outro celular chegar

A Agência Trivium e suas integrantes Carolinne Cachoeira da Conceição, 22, e Desirree de Jesus Vitoriano, 26, desenvolveram, ainda no segundo semestre do curso, uma campanha que movimentou o campus da Metodista. O trabalho incentivou alunos e funcionários à reciclagem de celulares e 250 dispositivos foram recolhidos e encaminhados à Coopermiti, uma cooperativa sem fins lucrativos, que separa as peças de lixo eletrônico e encaminha para a reciclagem correta.

agencia_triviumO projeto foi ainda mais longe e conquistou o prêmio de melhor “Anúncio impresso” na Intercom Sudeste. As estudantes contam que a campanha foi realizada no Projeto Integrado do segundo semestre do curso, em que os grupos tinham que desenvolver uma campanha publicitária com o tema “Sustentabilidade e Publicidade – Coleta seletiva e descarte de resíduos sólidos”.

As estudantes inscreveram na Expocom o trabalho impresso que realizaram, um anúncio de revista em página dupla que estimulava à reciclagem. “Não sabíamos o que era a Expocom, mas depois que a professora Marina nos explicou e perguntou se queríamos participar, ficamos honrados, pois a Universidade só pode indicar um trabalho para cada categoria e ela disse que indicaria o nosso para duas categorias diferentes, "Anúncio Impresso" e "Cartaz", topamos e nos inscrevemos. Um pouco mais de um mês depois saiu o resultado, com os cinco melhores trabalhos da região sudeste, selecionados para ser apresentado em Volta Redonda e foi outra grande felicidade saber que o nosso foi selecionado nas duas categorias indicadas”, conta Desirree.

“Ver um trabalho ganhando forma e força é realmente gratificante. Ganhando força primeiramente com a campanha feita na faculdade, não tinha ideia que daria tão certo e que ainda conseguiríamos uma parceria para a reciclagem dos aparelhos e, depois, por levar o trabalho adiante para um concurso, conseguir passar na classificação dos cinco melhores, e ir apresentá-lo em um local onde haviam tantos outros trabalhos bons, muitos deles sendo TCCs e ver que o nosso conseguiu ganhar destaque. Além de acrescentar algo novo, uma experiência bacana que vamos levar adiante”, complementa Carolinne.

Ambas as estudantes agradecem à professora Marina Jugue que as estimulou a participar da Intercom e, ainda, apresentou o projeto no congresso, já que os estudantes não poderiam ir. “Todos os professores do segundo semestre foram essenciais para o desenvolvimento do trabalho, pois com cada novo aprendizado e com cada nova assessoria obtida, íamos aperfeiçoando nosso projeto. Em especial a professora Marina que acreditou e incentivou o trabalho desde o início. Sem ela, certamente, nosso trabalho não sairia da universidade”.

Confira abaixo fotos das agências e peças premiadas:

Vencedores da Expocom Sudeste 2017

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,

FERNANDO ALMEIDA - COORDENADOR
Fernando Ferreira
Veja o minicurrículo

 

Receba informações de oferecimento deste curso

 

publicidade-e-propaganda.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: