Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Publicidade e Propaganda / Notícias / Alunos de PP da Metodista vencem Ideathon 2019 do McDonalds

Alunos de PP da Metodista vencem Ideathon 2019 do McDonalds

Três primeiros lugares foram de times com estudantes da Umesp, que desenvolveram soluções com economia circular

27/11/2019 18h30 - última modificação 04/12/2019 17h03

Três primeiros lugares foram de times com estudantes da Umesp, que desenvolveram soluções com economia circular

Instalar Pontos de Entrega Voluntária (PEV) pelas cidades, que concederiam benefícios como moedas verdes ou descontos em impostos para os bairros colaboradores, foi a proposta vencedora do Ideathon McDonald's/Arcos Dorados de 2019 elaborada por grupo de universitários integrado pela aluna Mayrane Leopoldo Velasco, de Publicidade e Propaganda da UMESP. Estudantes da Universidade Metodista de São Paulo fizeram parte, aliás, dos três times vencedores da competição, que reuniu 10 equipes e cerca de 80 participantes em torno do tema Economia Circular.

O 2º lugar ficou com o projeto de Reaproveitamento de Móveis em Escolas, integrado pelo aluno Gustavo Lima Cristófaro, também de PP. A ideia é remanejar entre estabelecimentos públicos móveis trocados por mais novos, direcionando os antigos para escolas que precisam de carteiras, bancos, estantes e mesas. Já o 3º classificado foi a plataforma com dados de empresas que praticam economia circular e que seriam reunidas num ranking acessível à consulta pública. Integrou o grupo vencedor a ex-aluna Malena Araujo.

Como próximos passos após as apresentações em 9 de novembro último, a Arcos Dorados analisará a viabilidade de execução e tempo de implementação de cada projeto.

Economia circular define o uso cíclico de produtos e materiais por meio de reaproveitamento e fim de desperdícios. Esse redesenho de processos e mercadorias busca preservar e aprimorar o capital natural, otimizar a produção de recursos e reduzir riscos, com administração de estoques finitos e fluxos renováveis. Assim, as empresas podem diminuir custos e perdas produtivas, gerar novas fontes de receita e rever a dependência de matérias-primas virgens. É um contraponto ao modelo econômico linear baseado na extração de matéria-prima, transformação, uso e descarte de resíduos, o que está esgotando os recursos naturais do planeta.

Economia do futuro

“Foi uma experiência única desenvolver um projeto sobre um tema tão importante e atual como a economia circular, principalmente por acreditarmos que é o futuro, pois a economia linear não vai conseguir se manter. Além disso, pudemos interagir com pessoas com o mesmo ideal, possibilitando troca de conhecimentos muito enriquecedora”, afirmou Gustavo Bernardi Zucco, aluno do 8º semestre de Rádio, TV e Internet, um dos sete alunos da Metodista participantes do evento.

Foi a primeira interação de estudantes da Umesp no Ideathon McDonald's/Arcos Dorados. Eles foram divididos em grupos com integrantes de outras escolas. A participação ocorreu por meio da atividade que desenvolvem junto à Enactus, ONG internacional presente em 36 países que estimula universitários a construírem projetos de empreendedorismo social junto a setores vulneráveis da sociedade. No Brasil a Enactus atua em mais de 100 Instituições de Ensino Superior (IES) em 21 Estados. Na Metodista, a interface do time Enactus é a professora Marina Jugue, de PP.

Acompanhe as 3 ideias vencedoras de 2019:

1º Lugar
PEV - Grupo com Mayrane Leopoldo Velasco, 4º semestre de PP

"A criação de Pontos de Entrega Voluntária pelas cidades permitiria benefícios como moedas verdes e abonações em impostos para os bairros colaboradores. O PEV contaria com um a dois empregados, geralmente estudantes universitários e "gatos", que receberiam aulas sobre separação correta dos materiais para dar assistência à comunidade que leva o lixo até o ponto. Do PEV, os resíduos serão direcionados para reaproveitamento, reciclagem ou incineração. A parte aproveitável seria vendida, retornando ao ciclo econômico. Um aplicativo tornaria o processo transparente e "gameficado" para recebimento de materiais, assim concedendo os benefícios aos munícipes”.

2º lugar
Móveis reaproveitados em escolas - Grupo com o Gustavo Lima Cristófaro, 2º semestre de PP

"Observamos que nas escolas públicas de Barueri compram-se móveis escolares como carteira, cadeira, mesa, estante etc. e os antigos ficavam largados em algum local da escola. Criamos uma plataforma digital para que a Prefeitura controle esse estoque de móveis. Assim, escolas que precisassem poderiam acessar a plataforma e solicitar objetos abandonados de escolas vizinhas. Como a proposta é de economia circular, trabalhamos em outras etapas como alugar algum prédio público para estocagem e transporte. Além disso, contaríamos com apoio de cooperativas de reparos de móveis, para baratear o processo todo. Dentro dessas cooperativas também seriam aplicados cursos profissionalizantes de marcenaria, gerando especialização a trabalhadores da cidade."

3º Lugar
Ranking de economia circular - Grupo com a ex-aluna de PP Malena Araújo

“O projeto cria uma plataforma com dados de empresas que praticam economia circular. Haveria um ranking que o consumidor pode acessar e descobrir quais são. Além disso, a plataforma faria a conexão de empresas que têm algum material descartável com as que precisam daquele material”.

Veja quem são os alunos Metodista participantes do Ideathon 2019:
1. Gustavo Bernardi Zucco, 8º semestre de Rádio, TV e Internet
2. Vinícius Gomes de Moraes – 2º semestre de Relações Públicas
3. Amabily Andre Ramos Rocha – 4º semestre de PP
4. Gustavo Lima Cristófaro, 2º semestre de PP
5. Mayrane Leopoldo Velasco, 4º semestre de PP
6. Malena Araújo, ex-aluna de PP
7. Patrick Santos, curso de Administração

Acompanhe as entrevistas feitas pelo McDonald's/Arcos Dorados.

  

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,

KARIN MÜLLER- COORDENADORA


Minicurrículo

 

Receba informações de oferecimento deste curso

Receba informações de oferecimento sobre esse curso:

X