Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Psicologia / Notícias / Pesquisadores sul-africanos relatam experiências de violência e vulnerabilidade social

Pesquisadores sul-africanos relatam experiências de violência e vulnerabilidade social

14/11/2014 21h48

Trauma psicológico decorrente de combates de guerra e a violência em seus vários aspectos, além da psicologia aplicada à educação e saúde, foram alguns temas que os professores sul-africanos Umesh Bawa e Garth Stevens abordaram dia 12 de novembro último na Universidade Metodista de São Paulo. Eles falaram a alunos e professores dos cursos de graduação e pós em Psicologia, ciência que foi contextualizada no continente africano e sua analogia com o ambiente brasileiro. 

Professor Umesh Bawa, da Universidade de Western Cape, da Cidade do Cabo, é pesquisador de temas variados da violência, direitos humanos na África do Sul, Moçambique, Serra Leoa e Ruanda, de trauma psicológico, reintegração de ex-combatentes e soldados infantes em áreas de conflitos, promoção de paz e segurança. Já Garth Stevens, da Universidade de Witwatersrand, de Joanesburgo, é especialista em racismo, psicologia comunitária, violência em vários aspectos, memória e trauma psicológico, estudos de gênero, entre outros.

Umesh Bawa e Garth Stevens contaram também sobre suas rotinas de pesquisa e maneiras de atuação na comunidade, utilizando como inspiração a possibilidade de transformar pessoas pela educação e saúde. Eles confiam em que alunos de hoje sejam grandes pesquisadores e profissionais do futuro, de modo a viabilizar a continuidade de estudos e intervenções nas áreas temáticas das quais são especialistas.

Parcerias

“A visita dos professores pesquisadores foi importante para vislumbrar novos panoramas para discussão de temas tratados pelas pesquisas do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Saúde da Metodista. Eles demonstraram grande interesse em criar parcerias importantes em pesquisas na área de violência, aspectos psicossociais, vulnerabilidade, educação e saúde. As similaridades entre Brasil e África do Sul são muitas no âmbito econômico, social, psicossocial e comunitário, o que permitiu uma identificação mútua entre pesquisadores de ambos os países”, comentou professora Carla Luciano Codani Hisatugo, coordenadora do curso de graduação em Psicologia da Metodista.

Os professores sul-africanos estiveram em visita ao campus Planalto e foram recebidos pela assessora de Relações Internacionais, professora Vanessa Martins, pela  coordenadora do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Saúde, Maria Geralda Heleno, pela coordenadora do curso de Psicologia, Carla Hisatugo, pela professora Eda Custódio,  que atua na graduação e na pós de Psicologia, além dos pós-graduandos Daren Cid, Bernadete Lnoniana, Elton Mones, Henrique Pasquini, Adre Radl e Victor Zaia.

 

 

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,

MARIANTONIA CHIPPARI - COORDENADORA

Veja o minicurrículo

 


Receba informações de oferecimento deste curso

 

psicologia.jpg

Receba informações de oferecimento sobre esse curso: