Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Ciências da Religião / Notícias / Estudo analisa o sistema capitalista através de conceitos da religião

Estudo analisa o sistema capitalista através de conceitos da religião

Trabalho recebeu Menção Honrosa do Prêmio Capes de Tese da área de Filosofia/Teologia

24/09/2015 14h30 - última modificação 09/10/2015 18h10

A tese “Capitalismo como religião: uma crítica a seus fundamentos mítico-teológicos”, defendida no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo, recebeu Menção Honrosa do Prêmio Capes de Tese 2015 da área de Filosofia/Teologia, sendo a terceira premiação desse tipo que o Programa recebe.

O autor do trabalho, Allan da Silva Coelho, é ex-aluno da Metodista e atualmente leciona na UNIMEP. Segundo ele, o trabalho traz uma perspectiva de compromisso ético, por ser um estudo crítico do capitalismo enquanto sistema que produz vítimas e justifica a morte de seres humanos como um sacrifício necessário em linguagem secular.

Elaborado na linha de pesquisa “Religião, Sociedade e Cultura”, a tese se insere em uma tradição nos estudos sobre religião da América Latina e, através de uma abordagem crítica na perspectiva dialética, evidencia as relações da colonialidade na produção do conhecimento científico, assumindo como parâmetro o ponto de vista dos vencidos, dos excluídos e das vítimas do sistema, “setores geralmente ocultados na produção do saber científico”, segundo Allan Coelho.

Para definir os conceitos envolvidos na tese, Allan destaca a importância do estágio de pesquisa que realizou junto ao CEIFR (Centre d’Études Interdisciplinaire des Faits Religieux) da EHESS (École des Hautes Études em Sciences Sociales), na França, com orientação do professor doutor Michael Löwy. “Procuramos as referências mítico-teológicas nos discursos econômicos atuais, especialmente na Política de Austeridade. Revisamos os conflitos que associam o pensamento teológico e econômico (como o tema da secularização), o conceito de religião e a necessária crítica das categorias da razão na Modernidade”, diz Allan Coelho. Além das definições já citadas, outros conceitos como a noção weberiana de “Espírito do Capitalismo” e do tema marxista de “Fetichismo”, associados na crítica do “Capitalismo como Religião” também foram utilizados ao longo da pesquisa.

O trabalho foi elaborado sob a orientação do professor doutor Jung Mo Sung, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo, e procurou propor ao final do projeto, um quadro comparativo das vinculações possíveis entre capitalismo e religião, abordando as características da perspectiva dialética nos autores estudados e indicando a possibilidade da crítica a seus fundamentos mítico-teológicos.

Allan Coelho acredita que ao evidenciar que existem possibilidades de associar religião e capitalismo na perspectiva da transformação social, muitas propostas de desdobramento sobre o assunto podem ser exploradas. “A maior contribuição de meu trabalho está em colaborar para o fortalecimento de uma perspectiva crítica de pesquisa”, finaliza o autor da tese premiada.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,
SOBRE O PROGRAMA
X