Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Ciências da Religião / Estrutura do Programa / Planos de Ensino - 2º Semestre de 2013 / Colóquio de Doutorado

Colóquio de Doutorado

Docentes: Prof. Dr. José Ademar Kaefer e prof. Dr. Helmut Renders
Período: 2º Semestre 2013
Créditos: três (3)
Horário: Quarta-feira: 13:30 às 16:00

1)    Tema: A busca da Sabedoria no mundo da Bíblia e na contemporaneidade

2)    Ementa: Os povos antigos consideravam a busca da Sabedoria através da religião um exercício fundamental para garantir a vida. Queremos identificar as respectivas linguagens filosóficas e bíblicas em discussão com os discursos contemporâneos, religiosos ou não, entre eles, os discursos do mercado e sua linguagem de consumo e das articulações de uma nova “ecologia dos saberes”.

Justificativa: A Sabedoria é a organização do povo para a melhor sobrevivência; é o conhecimento, a habilidade para lidar com a vida e o mundo. Sabedoria é a arte de viver do povo passada pelas gerações mais velhas às mais novas através de parábolas, provérbios, narrativas orais e escritas. Para os sumérios é a ME, para os egípcios é a Maat e para os israelitas a Sedaqah “justiça”. A justiça produz vida, produz libertação. Para a teologia sapiencial tardia de Israel é Deus quem inspira as pessoas a buscarem a Sabedoria, o que a literatura sapiencial denomina de “temor a Deus” (Pr 1,7;9,10;15,32; Jó 28,28). Nos discursos contemporâneos encontramos, de um lado, a defesa do mercado e da prosperidade da nação, e do outro, as vozes dos fóruns sociais e grupos alternativos.

3)    Objetivos: Identificar os discursos bíblicos referentes à Sabedoria no Antigo Israel e no período helenista, com ênfase nos livros sapienciais: Provérbios, Eclesiastes (Coélet), Sirácida (Eclesiástico) e Sabedoria em contraposição ou não à Sabedoria helênica. Analisar o conceito de Sabedoria na modernidade e pós-modernidade, com atenção especial à lógica do mercado e vozes contrárias à defesa da justiça social.

4)    Metodologia: Introdução aos temas pelos professores; estudo e debates dos textos bíblicos pertinentes; leituras bibliográficas e apresentação dos respectivos temas pelos/as alunos/as.

5)    Conteúdo programático: A construção da Sabedoria no Antigo Israel; A Sabedoria nos livros sapienciais (Provérbios e Eclesiastes e nos deuterocanônicos: Siracida e Sabedoria); Análise do helenismo: a polis, o comércio, o modo de produção escravagista, a classe comerciante, a introdução extensiva da moeda, a cultura e a religião; a resistência ou não da cultura judaíta; A sabedoria no conceito popular; a Sabedoria na contemporaneidade: do mercado e para o mercado.

6)    Avaliação: Apresentação de um texto em sala de aula e entrega no final do curso em formato de artigo.

7)    Bibliografia
ANDERSON, Ana Flora e GORGULHO, G. Os sábios na luta do povo. 2. ed. São Paulo: CEPE, 1991.
AUTH, Romi. Deslizes do Sirácida? Estudos Bíblicos, Petrópolis, n.48, p.43-48, 1996.
AYRES, José Ricardo de C. M.. Cuidado: tecnologia ou sabedoria prática. Interface (Botucatu),  Botucatu,  v. 4,  n. 6, Feb.  2000 .   Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832000000100010. Accesso em: 7 jun.  2013.
BACHMANN, Mercedes García. “Livro dos Provérbios”. In: Ribla 52, p.66-87 (2005).
BARCLAY, John M. G., Jews in the Mediterranean Diaspora - From Alexander to Trajan (323 BCE –117 CE), T&T Clark, Edinburgh, 1996, 522p.
BETLYON, John Wilson, “The Provincial Goverment of Persian Period Judea and the Yehud Coins”, in: Journal of Biblical Literature, v.105, fasc.4, Society of Biblical Literature, Atlanta, 1986, p.633-642.
BRASIL, Ney. “Inspiração e verdade na Bíblia - no Sirácida e Sabedoria, Estudos bíblicos 106, 2010, p.30-42.
CAMPOS, Haroldo,  Qohélet / o-que-sabe, Editora Perspectiva, São Paulo, 1990, 247p.
CERESKO, Anthony R., A sabedoria no Antigo Testamento – espiritualidade libertadora, Paulus, 2004.
COLLINS, John J., Jewish Wisdom in the Hellenistic Age, Westminster John Knox Press, Louisville, 1997, 275p.
CRENSHAW, James L., Eclesiastes, The Westminster Press, Philadelphia, 1987, 192p.
COMBLIN, Joseph. A sabedoria cristã: breve curso de teologia. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 1989. v. 4. 242 p.
DALLA ROSA, Luís Carlos. Educar para a sabedoria do amor: a alteridade como paradigma educativo. São Paulo: Paulinas, 2012. 238 p.
EUVÉ, François. Ciência, fé, sabedoria: é preciso falar de convergência? Tradução de Nadyr de Salles Penteado. São Paulo: Loyola, 2009. 214 p.
FERRARI, Michel et al. « Phronesis, Sophia and Hochma: Developing Wisdom in Islam and Judaism”. In: Research in Human Development, vol. 8, n. 2, p. 128-148 (2011). Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1080/15427609.2011.568869  >. Acesso em: 7 jun. 2013.
FELDAMAN, Luis H. e REINHOLD, Meyer, Jewish Life and Thought Among Greeks and Romans, Fortress Press, Minneapolis, 1996, 436p.
FIORENZA, Elisabeth Schüssler. Caminhos da Sabedoria. Uma introdução à interpretação bíblica feminista. São Bernardo do Campo, SP: Nhanduti, 2009.
FOX, Michael V., “The Meaning of Hebel for Qohelet”, in: Journal of Biblical Literature, v.105, fasc.3, Society of Biblical Literature, Atlanta, 1986, p.409-427.
GALLAZZI, Sandro, Nunca descuidaremos da casa de nosso Deus (Ne 10,40) – Aspectos da economia do segundo templo , RIBLA 30, 1998, P.39-77.
_____. “O projeto sadocita do segundo templo: lendo Ex 25-40”, In: Ensaios sobre o pós-exílio, vol. 1,  Macapá, 2003, p.1-9.
_____. “Eu e meus filhos caminharemos na aliança dos nossos pais. O confronto entre o campesinato judaíta e o helenismo”. In: RIBLA, vol. 11, p.75-90 (1992).
GARLAN, Yvon, Guerra e economia na Grécia antiga, Editora, Papirus, Campinas, 1991, 203p.
GORDIS, Robert, Koheleth the Man and his World: a Study of Ecclesiastes, Schocken Books, New York, 1968, 421p.
HENGEL, Martin, Judaism and Hellenism - Studies in their Encounter in Palestine During the Early Hellenistic Period, SCM Press, London, 1974, 314p.
HAYES, John H. e MILLER, J. Maxwell, “The Hellenistic and Maccabaen Periods - Literary Sources and Archaeological Evidence”, in: Israelite & Judaean History, Trinity International, Philadelphia, 1977, p.539-585.
KAEFER, José Ademar e JARSCHEL, Haidi (orgs.), “Dimensões sociais da fé do Antigo Israel – Uma homenagem a Milton Schwantes”, Paulinas, São Paulo, 2007.
_____. “‘Há uma doença debaixo do sol’ – uma introdução ao livro de Coélet”. em: J.A. Kaefer e H. Jarschel (orgs.), Dimensões sociais da fé do Antigo Israel - Uma homenagem a Milton Schwantes. São Paulo, 2007, p.271-298.
KURT, Amélie e WHITE, Susan Sherwin (editores), Hellenism in the East, University of California Press, Los Angeles, 1987, 192p.
LÍNDEZ, José Vílchez, “Sabedoria – Grande Comentário Bíblico. São Paulo: Paulus, 1995.
LOHFINK, Norbert, Kohelet, Echter Verlag, Stuttgart, 1980, 86p.
_____.“Kohelet und die Banken: zur Übersetzung von Kohelet V 12-16”, in: Vetus Testamentum, 39, 1989, p.488-495
_________, “Qohelet 5,17-19 – Revelation by Joy” in: Catholic Biblical Quarterly, v.52, Catholic Biblical Association of America, Washington, 1990, p.625-635.
LONGMAN ,Tremper, The Book of Ecclesiastes - The New International Commentary on the Old Testament, Eerdmans, Michigan, 1989, 306p.
MADDEN, Frederic C., History of Jewish Coinage, Pegasus Publishing Co., San Diego, 1967, 350p.
MELLO, Débora Falleiros de; LIMA, Regina Aparecida Garcia de. Êxito técnico, sucesso prático e sabedoria prática: bases conceituais hermenêuticas para o cuidado de enfermagem à criança. Rev. Latino-Am. Enfermagem,  Ribeirão Preto,  v. 17,  n. 4, Aug.  2009 .  Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692009000400022  >. Acesso em: 7 jun. 2013.
MENESES, Maria Paula. “Epistemologias do Sul”. In: Revista Crítica de Ciências Sociais, vol. 80, p. 5-10 (mar. 2008).
MESTERS, Carlos. A sabedoria do povo: aprender da vida. Petrópolis: Vozes, 1980.
_____. A Sabedoria do povo: ser aluno do bom senso. Petrópolis: Vozes, 1978.
MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 12 ed. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO, 2007.
MENDELS, Doron, Identity, Religion and Historiography – Studies in Hellenistic History, Sheffield Academic Press, London, 1998, 480p.
MICHAUD, Robert, Qohelet y el helenismo, Editora Verbo Divino, Estella, 1988, 275p.
MOMIGLIANO, Arnoldo, Alien Wisdom – the Limits of Hellenization, Cambridge University Press, New York, 1998, 176p.
MONZO, Julio Navarro, Helenismo y judaismo, Federación Sudamericana de Asociaciones Cristianas de Jóvens, Montevideo, 1926, 178p.
MOXNES, Halvor, A economia do reino – conflito social e relações econômicas no Evangelho de Lucas, Paulus,  São Paulo, 1995, 166p.
MORLA ASENSIO, Víctor. Libros Sapienciales y otros escritos. Estella: Verbo Divino, 1994: 541p. (Introducción al Estudio de la Biblia, v. 5).
PEREIRA, Ney Brasil. Livro da Sabedoria: aos governantes sobre a justiça. Petrópolis, São Leopoldo: Vozes/Sinodal, 1999 (Coleção comentário bíblico)
PEREIRA, Ney Brasil. Sirácida ou Eclesiástico. Petrópolis, São Leopoldo: Vozes/Sinodal, 1991 (Coleção comentário bíblico).
SANTOS, Boaventura de Sousa. “Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes.” Novos estud. - CEBRAP,  São Paulo,  n. 79 (nov. 2007).   Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002007000300004&lng=en&nrm=iso  >. Access em: 7 jun.  2013.  
SANTOS, Boaventura de Sousa. O fórum social mundial: Manual de uso. 2004. Disponível em: < http://www.boaventuradesousasantos.pt/documentos/fsm.pdf >. Acesso: 7 jun. 2013.
SCHROER, Silvia. Die Weisheit hat ihr Haus gebaut. Studien zur Gestalt der Sophia in den biblischen Schriften, Mainz 1996. [Tradução do título: A sabedoria fez a sua casa: estudos a respeito a forma da sofia nas escrituras bíblicas]
SILVA, Airton José da. Os instrumentos da helenização. In: “Estudos Bíb.” 61, Vozes, Petrópolis, 1999, p.23-37.
SILVA, Roger M. Miller. Fins e meios: uma discussão sobre a phronesis na Ética Nicomaquéia. Rio de Janeiro: PUC-Rio, Departamento de  Filosofia, 2005. (Dissertação de mestrado)
SMITH, Daniel L. “Intensifying phronesis: Heidegger, Aristotle, and rhetorical culture”. In: Philosophy and Rhetoric, vol. 36, n. 1, p. 77-102 (2003), Disponível em: < DOI: 10.1353/par.2003.0016 >. Acesso em: 7 jun. 2013.
SPINELLI, P. T. A prudência na ética Nicomaquéia de Aristóteles. Porto Alegre: Editora Unisinos, 2007.
VEIGA, Manuel Alte da. “Sophia e o desejo de theoria”. In: Revista portuguesa de pedagogia, vol.  40, n. 1, p. 261-292 (jan.-jun. 2006).
TCHERIKOVER, Victor, Hellenistica Civilization and the Jews, JPS, Philadelphia, 1959, 566p.
VÍLCHEZ LÍNDEZ, José. Sabedoria e sábios em Israel. São Paulo: Loyola, 1999.
_____. Sabedoria. São Paulo: Paulus, 1995 (Coleção grande Comentário bíblico).

Comunicar erros

SOBRE O PROGRAMA