Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Psicologia da Saúde / Notícias / Pesquisadora de Psicologia da Saúde orienta na Revista Crescer para escolha do nome dos filhos

Pesquisadora de Psicologia da Saúde orienta na Revista Crescer para escolha do nome dos filhos

Série da publicação aborda como lidar com intromissões sobre sexo e nome de bebês

26/09/2017 17h56

O que deveria ser um momento prazeroso – a escolha do nome de um filho que está chegando – pode se transformar em enfrentamento entre casais, alguns alimentando grandes divergências. A solução depende do alinhamento dos pais, de conversa franca e de resistência a pressões externas, afirma a psicóloga Damiana Bonavigo em entrevista à Revista Crescer deste mês, que traz como tema “Sofia ou Sophia? Como lidar com palpites sobre o nome do bebê”.

Damiana participa de grupo de pesquisa na Universidade Metodista de São Paulo com foco em Psicologia da Gestação, Parto e Pós-Parto. “Conheço casais que resolvem esse embate de maneira leve, e acabam até se divertindo. Mas há casos em que existem grandes divergências. Acredito que diversos fatores influenciam para que esse impasse seja positivo ou negativo, como o alinhamento do casal, se há conversa franca, o histórico da gravidez e as pressões externas”, afirma ela, em reportagem que explora como lidar quando começam a se intrometer até na descoberta do sexo do bebê ou no nome dele? É a quarta reportagem da série #gravidezsempalpites da revista da Editora Globo.

Leia aqui a matéria na íntegra:

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,
SOBRE O PROGRAMA
Formulários semestrais - Bolsas de Estudo