Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Comunicação / Notícias / Tese analisa 40 anos de pesquisas sobre comunicação popular, alternativa e comunitária no Brasil

Tese analisa 40 anos de pesquisas sobre comunicação popular, alternativa e comunitária no Brasil

23/07/2015 16h43

Foto: Maria Otre

O trabalho “Comunicação popular, alternativa e comunitária no Brasil”, defendido no Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Metodista (Poscom) pela pesquisadora Maria Alice Campagnoli Otre, foi aprovado com distinção "summa cum laude" pela banca. A pesquisadora Maria Otre foi orientada pela professora Cicilia Peruzzo.

O estudo analisa dissertações e teses produzidas em Programas de Pós-Graduação em Comunicação no Brasil entre os anos de 1972 e 2012, investigando especialmente a subárea da Comunicação Popular, Alternativa e Comunitária (CPAC) que se relaciona com a comunicação das classes subalternas no contexto dos movimentos populares.

A pesquisa surgiu do interesse da autora em mapear a produção discente da Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação no Brasil desde seu surgimento, com o objetivo de identificar as principais tendências teórico-metodológicas da subárea e o quanto elas refletem as transformações vividas na prática em um período que englobou a ditadura militar, a abertura política, o crescimento econômico do país, a regulamentação da televisão e das rádios comunitárias e a chegada ao poder de um partido de esquerda.

Uma combinação de métodos e técnicas de pesquisa permitiu identificar simultaneamente às produções discentes, o contexto que as envolvia, de forma que o trabalho as analisa por período e não por descritores aglutinadores (temáticas) como era a ideia inicial, segundo a autora.

O estudo teve apoio do software NVivo, por meio de definições de nós temáticos, e utilizou-se de pesquisas bibliográficas e documentais, além de investigação em banco de teses e dissertações fornecidas pela Capes com os títulos das pesquisas desenvolvidas de 1987 a 2012, totalizando 9.787 produções.

Para Maria Otre, as informações colhidas para a realização do trabalho permitem traçar um panorama das pesquisas desenvolvidas sobre comunicação popular, alternativa e comunitária no país, e também são ferramentas importantes para entender o que tem sido explorado, o que une essas pesquisas e quais métodos e técnicas são majoritariamente utilizados nesta área no Brasil.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,
SOBRE O PROGRAMA