Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Comunicação / Notícias / Cinquenta anos do golpe de 64 abre ciclo de seminários na Metodista

Cinquenta anos do golpe de 64 abre ciclo de seminários na Metodista

25/03/2014

25/03/2014 19h55 - última modificação 28/03/2014 20h30

O Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo, em parceria com a Cátedra Unesco/Metodista, inicia no dia 31 de março o ciclo de seminários que  irá abordar os efeitos do golpe militar de 1964 na área da comunicação no Brasil.

A série de eventos é uma ideia do professor José Salvador Faro, que coordena o ciclo junto com a professora  Marli dos Santos, coordenadora da Pós-Graduação em Comunicação da Metodista.

O evento traz o tema “Comunicação e democracia no Brasil: 50 anos do Golpe de 64” e  contará com palestras do professor  José Marques de Melo e da professora Magali do Nascimento Cunha.

O professor Marques de Melo, uma das maiores autoridades em comunicação do País, teve o seu direito caçado pela ditadura durante quatro anos, enquanto a professora Magali do Nascimento Cunha está vinculada à Comissão Nacional da Verdade, que investiga as graves violações aos direitos humanos que ocorreram nessa época.

A Metodista também fez parte do histórico de repressões durante a ditadura militar, já que contribuiu com a imprensa alternativa que existiu na região. Este e os outros temas serão abordados dentro dos vários seminários, que vão ocorrer nos meses seguintes.

Durante os seminários, os alunos da Graduação e da Pós-Graduação vão apresentar pesquisas com o intuito de integrar e estimular estudos relacionados ao tema da ditadura militar e comunicação no Brasil.

Assista ao convite dos palestrantes:

Seminário “Comunicação e democracia no Brasil: 50 anos do Golpe de 64"

Data: 31 de março (segunda-feira)

Horário: 9h

Local: Auditório Sigma - Campus Rudge Ramos da Universidade Metodista de São Paulo.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,
SOBRE O PROGRAMA