Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Comunicação / Notícias / 2018 / Aula magna aborda pesquisas sobre consumo a partir da ótica da Comunicação

Aula magna aborda pesquisas sobre consumo a partir da ótica da Comunicação

Professora Clotilde Perez falou sobre a criação de um novo campo de estudos

29/08/2018 18h15 - última modificação 29/08/2018 21h04

Professora Clotilde Perez apresentou a palestra “Consumo: a consolidação de um campo na comunicação"

O Programa de Pós-graduação em Comunicação da Metodista realizou na tarde de 27 de agosto a aula magna do segundo semestre. A convidada foi a professora Clotilde Perez, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

Líder do Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação, Cultura e Consumo, a docente abordou o pioneirismo na construção do campo de pesquisa sobre consumo a partir da ótica da comunicação, área que por muito tempo subjugou o tema. “O consumo muitas vezes é visto como algo que desumaniza”, disse.

Esse desinteresse é atribuído a um preconceito histórico e é estendido a outras esferas de conhecimento. “O trabalho sempre teve uma relação forte com criatividade. Tem-se a ideia de que trabalhar é algo bom, que traz dignidade. Já o consumo é um pormenor, inclusive sendo visto como algo que desumaniza. Há uma carga de valor envolvida. Pensava-se no passado que consumir acima do razoável é uma questão moral. Ainda hoje há algumas perspectivas que seguem esse caminho, inclusive nas ciências sociais”. Clotilde ainda citou o pensamento marxista, que aborda o consumo como um fundamento/justificativa para o trabalho.

A construção do campo

O processo de estruturação de uma cultura de pesquisas na área é referenciado por uma perspectiva multidisciplinar, utilizando abordagens de autores de áreas como sociologia, economia, psicologia, filosofia, antropologia e da própria comunicação, já que quando se fala em consumo é inevitável pensar em publicidade e mídia, tratada pelo grupo como uma linguagem – e não apenas como veículo.  

foto2.jpg
Alunos do Mestrado e Doutorado em Comunicação participaram do evento
O ponto de partida para o grupo foi o entendimento do indivíduo e sua formação identitária na relação com o espaço e o tempo, embora hoje só faça sentido estudar esses aspectos sob uma perspectiva plural.

“O consumo, por meio da materialidade, pode manifestar muito da nossa identidade, expressar nossos desejos e dizer um pouco de quem a gente é”, explicou a professora.


Estética, ética e lógica

Para desenvolver os estudos foram consideradas três dimensões distintas dentro da comunicação: estética, ética e lógica. A primeira analisa abordagens e padrões de produtos, publicidade e marcas; a segunda investiga tópicos relacionados a excessos, materialismo e bens de significado; já a terceira aborda rituais de produção, distribuição, pesquisa de mercado e target.

A consolidação do campo de pesquisa envolve diversas ações práticas, como elaboração de uma revista acadêmica, criação de cursos de pós-graduação lato sensu e do grupo de estudos, vinculação de representantes em associações nacionais e internacionais, realização de um evento anual e participação em congressos e conferências. “Ainda hoje, quando vamos preencher formulários em agências de fomento à pesquisa, não existe campo de preenchimento para consumo. Temos que colocar publicidade”, revelou.

A compreensão do consumidor brasileiro, sua relação com a tecnologia e os sentidos gerados pela publicidade foram outros tópicos abordados durante a aula magna.

Confira mais fotos do evento:

Aula Magna (Póscom)

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,
SOBRE O PROGRAMA
X