Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Outubro / XXI Congresso Metodista expõe projetos de extensão

XXI Congresso Metodista expõe projetos de extensão

Com intuito de despertar novos interesses, evento trouxe palestra e a exposição dos trabalhos

23/10/2019 20h20 - última modificação 25/10/2019 22h04

Exposição de painéis no Hall da Biblioteca

A Universidade Metodista de São Paulo promoveu na tarde de 22 de outubro palestra sobre o Programa de Iniciação Científica que realiza desde 2003. O atual coordenador do programa, professor Claudio Rodrigo Torres, iniciou o evento falando sobre a importância da Iniciação Científica para disseminar e incentivar os jovens a desenvolver as próprias investigações.

Após de breve apresentação sobre os programas promovidos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o docente convidou a coordenadora nacional da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ - SP) e presidente da Associação Quilombola dos Bairros Ribeirão Grande/Terra Seca, Nilce de Pontes Pereira dos Santos, para falar sobre a experiência de receber projetos da iniciação científica na comunidade Quilombola do Vale do Ribeiro.

Entre outros, Nilce Santos destacou a importância e necessidade de desenvolver trabalhos universitários em parceria com comunidades Quilombolas, sendo eles sempre para levar informação, troca de experiências e ajudar a comunidade a se organizar mutuamente. “Não é só a universidade que entra na comunidade. A comunidade também faz parte da Universidade”, afirmou Nilce ao comentar sobre as formas que o CONAQ está buscando para a juventude das comunidades Quilombolas terem acesso aos espaços do ensino superior. 

Após a palestra, alunos e professores se dirigiram ao hall da Biblioteca Central para apreciar e avaliar os trabalhos dos jovens que participaram do programa de Iniciação Científica. Foram expostas e avaliadas cerca de 40 pesquisas feitas por alunos da graduação da Universidade Metodista de São Paulo, entre as áreas de Psicologia, Odontologia, Medicina Veterinária, Biomedicina, Teologia, Jornalismo, Fisioterapia, Engenharia Ambiental e Pedagogia - PARFOR (Programa Nacional de Formação de Professores de Educação Básica).

Alunos do Colégio Metodista em São Bernardo também participaram do evento expondo as pesquisas feitas em grupo. Cinco trabalhos foram apresentados com a temática de sustentabilidade.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,
X