Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Novembro / Estudantes de Engenharia apresentam trabalhos em feira de projetos

Estudantes de Engenharia apresentam trabalhos em feira de projetos

Mais de 100 alunos participaram e o eixo foram os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável)

25/11/2019 17h05 - última modificação 27/11/2019 15h42

Estudantes montaram projetos com exemplos reais

Alunos dos primeiros e segundos anos participaram da I Feira de Projetos de Engenharia da Universidade Metodista de São Paulo. De acordo com os organizadores, o objetivo foi compartilhar o conhecimento desenvolvido na universidade, solidificar o aprendizado  e preparar os estudantes para a apresentação de projetos.

A programação nos dias 18 e 19 de novembro, na Praça Central do Campus Rudge Ramos, teve participação de mais de 100 alunos em 22 projetos. “Tenho trabalhado muito com eles a questão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). No semestre passado vimos o objetivo número 6: meta que pretende assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos.  Agora estamos estudando o ODS número 7, cujo propósito é disponibilizar o acesso confiável, sustentável e acessível de energia para todos”, declarou Carlos Eduardo Santi, professor dos cursos de Engenharia e diretor do campus Rudge Ramos.

Entre os trabalhos apresentados na feira está o do grupo "ABC Engenharia". Eles analisaram alguns locais em Santo André e escolheram a praça Kennedy. Mesmo tendo sido reformado em 2011, o espaço se mantém energizado pela rede elétrica comum, o que gera custo desnecessário aos cofres públicos e contribui com o desgaste do meio ambiente. “A solução que encontramos foi implementar energia sustentável e limpa no ambiente. Desenvolvemos o projeto com a mentalidade de economizar e realocar os recursos”, afirmou o estudante Luís Victor Santos.  

“Os projetos foram abertos. Eles encontraram uma situação, apresentaram uma proposta e montaram um protótipo demonstrando os resultados implantados naquele lugar. Eles buscaram o local, o problema e a solução”, expôs professor Santi.   

Confira as fotos 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:
X