Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Abril / Metodista recebe docentes de universidade finlandesa para discutir metodologia de ensino

Metodista recebe docentes de universidade finlandesa para discutir metodologia de ensino

A Pedagogia da Inovação é adotada pela Turku University of Applied Sciences

01/04/2019 18h40 - última modificação 15/04/2019 20h17

A Universidade Metodista de São Paulo recebeu na última sexta-feira (29 de março) representantes da Turku University of Applied Sciences (TUAS), da Finlândia, para conhecer o modelo da Pedagogia da Inovação - INNOPEDA® desenvolvido pela instituição. O reitor Paulo Borges Campos Junior e os professores Sérgio Tavares, diretor de Graduação, Adriana de Azevedo, diretora de Pós-Graduação e Pesquisa, e Marcio Araujo Oliverio, diretor de Educação a Distância (EAD), interagiram com a professora Liisa Kairisto-Mertanen sobre a metodologia e maneiras de implementação.

Segundo Liisa, o modelo visto como Educação 4.0 é utilizado de forma multidisciplinar na Turku, com trabalho que envolve todo o corpo docente e estudantes da graduação ao mestrado. “Somos conhecidos por nossa educação porque investimos muito nisso. O mundo está mudando e precisamos mudar a maneira como educamos”, disse a docente.

A Pedagogia da Inovação é estruturada de forma que desenvolva as competências de inovação, que são: pensamento crítico, criatividade, iniciativa, trabalho em equipe e networking. Essas capacidades são trabalhadas pelos professores, que recebem treinamento constante para que entendam o que precisam aprender e desenvolver para aplicação em sala. “É preciso ter uma cultura de formação e divulgação com toda a equipe da instituição”, complementa.

Pilares importantes para a Pedagogia da Inovação são o trabalho para a vida real, internacionalização, empreendedorismo e métodos ativos, entre outros. Essas competências são importantes no mercado de trabalho atual, que precisa de profissionais cada vez mais capacitados. “A educação precisa de inovação, o mercado busca indivíduos com conhecimentos mais amplos”, declara Liisa, que defende que a educação tem que ser construída de maneira individual.

Por isso, na TUAS, os estudantes podem montar o próprio currículo de acordo com disciplinas que consideram mais importantes ou interessantes para seu desenvolvimento acadêmico e profissional. As duas universidades pensam, agora, em maneiras de cooperação e implementação da metodologia na Metodista. "Estamos muito felizes com vocês aqui, para nós é um privilégio", disse professora Adriana. 

Saiba mais sobre a Universidade.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre:
X