Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Abril / Influenciadores digitais têm destaque em estratégias de grandes empresas

Influenciadores digitais têm destaque em estratégias de grandes empresas

Tema foi discutido no Encontro Aberje ABCD

25/04/2019 15h00 - última modificação 25/04/2019 21h48

Não é segredo para ninguém que os consumidores de hoje são persuadidos de maneira totalmente diferente do que eram no passado. Se antes bastavam campanhas publicitárias em grandes veículos de comunicação, atualmente o público se volta às recomendações on-line, de conhecidos, desconhecidos ou dos influenciadores digitais – pessoas conhecidas pela produção de conteúdo nas mídias digitais.

É impossível ignorar a importância desses comunicadores nos hábitos de consumo dos brasileiros: já somos mais de 126 milhões conectados à internet, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o que representa 69,8% da população. Levando em conta a relevância do tema às empresas, a 6ª edição do Encontro Aberje Grande ABCD, realizada na Universidade Metodista de São Paulo, discutiu como as estratégias de comunicação corporativa podem trabalhar com influenciadores digitais.

Renata Nascimento, head de Comunicação da Scania Brasil e diretora do Capítulo Aberje Grande ABCD, apresentou o evento, e a professora Luciana Rodrigues, da Metodista, mediou a conversa entre os convidados.

Arlete Prieto, coordenadora de Relações Públicas, representou a direção da Metodista: "É um prazer e um orgulho receber este evento". O Diretor Geral da Aberje, Hamilton dos Santos, também esteve presente e ressaltou a antiga parceria da instituição e da Metodista. "Sempre encontrei grandes profissionais na Aberje e em outros espaços como profissionais destacados", declarou. 

Tentativa e erro

Cláudia Goes, gerente de Comunicação Digital da Volkswagen Brasil, conta que há dificuldade em descobrir como lidar com esses novos produtores de conteúdo. “A área de comunicação está mudando e temos dificuldade em saber quem são as pessoas que falam com a nossa marca. Além de mapear e conversar com influenciadores, precisamos fazer mudanças na relação com a imprensa em si”, diz. “Com digital é assim, tem que estar aberto, tudo é tentativa e erro”, complementa.

Recentemente, a empresa lançou aplicativo de empréstimo de carros a jornalistas e influenciadores. Por meio dele, os comunicadores podem selecionar carros para testarem e são convidados a eventos. Uma ação de empréstimo de veículos foi realizada com o T-Cross, carro oficial da Turnê Sandy e Júnior. Pessoas selecionadas foram levadas à coletiva de imprensa de surpresa, além de ficarem com os veículos emprestados durante uma semana.

Para Lívia Guadaim, gerente de Comunicação para América Latina da divisão Life Science da farmacêutica Merck, essa nova forma de comunicação com os públicos é difícil, mas deve ser testada de diferentes maneiras, buscando o que melhor se adapta à marca e ao público específico. A marca investiu em campanha digital em nove línguas, sendo que no Brasil trabalhou com influenciadores como Drauzio Varella e Felipe Castanhari, com alcance de sete milhões de pessoas.

Influenciadores internos

Numa abordagem diferente, o Grupo Boticário viu oportunidade nova de trabalhar com produtores de conteúdo: a comunicação interna. “A gente olha muito para fora, mas também temos uma legião de influenciadores natos”, relata Alex Kirsch, analista de Comunicação e Marca Corporativa do Grupo Boticário. Por meio de campanha, a empresa desenvolveu votação para selecionar influenciadores entre os colaboradores.

Dessa maneira, os funcionários estão sempre informados a respeito do que ocorre na empresa e têm maneira mais simples de estabelecer diálogo com os diversos segmentos da companhia. “Queremos fazer com que todo mundo tenha um senso de pertencimento, derrubar muros entre os setores e cargos e gerar mais empatia”, complementa Kirsch.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , ,
X