Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2019 / Abril / Fake news e impacto na opinião pública são discutidos em livro

Fake news e impacto na opinião pública são discutidos em livro

18/04/2019 18h20 - última modificação 08/05/2019 20h37

Obra da Editora Metodista aborda temas que influenciam o comportamento e a decisão das pessoas

A abundância de informações geradas pelos tempos digitais e a dificuldade de verificação do que é verdadeiro ou falso compõem uma das abordagens de Opiniões Voláteis: Opinião Pública e Construção de Sentido, obra do professor, jornalista e relações públicas Luiz-Alberto de Farias que a Editora Metodista lançou na noite de 7 de maio. Os cinco capítulos abraçam discussões atuais como a construção de fake news na sociedade hiperinformada, riscos e crises em  comunicação diante de práticas como emissão de campanhas por robôs e ciborgues, além da produção de pesquisa em opinião pública, entre outros.

De acordo com Paulo Nassar, presidente da Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial) e que assina o prefácio, Opiniões Voláteis “discute o tema da opinião pública e seus impactos em uma sociedade obesa de informações e faminta de significado e sentido”.

Segundo o autor Luiz-Alberto de Farias, coordenador do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo, a ideia é colocar em perspectiva a temática opinião pública e seus desdobramentos na sociedade e os diversos efeitos que se produzem. “Aspectos midiáticos, influência da imprensa na formação da opinião dos públicos e presença das redes sociais também são analisadas frente a questões como etnicidade e intolerância, em momentos nos quais as transformações da sociedade passam por debates mais constantes, ainda que mais superficiais”, afirma. A noite de autógrafos ocorreu durante o Café Abrapcorp (XIII Congresso da Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas), na Fundação Cásper Líbero.  

Pós-verdade

Segundo professor Luiz Farias, a pós-verdade domina as percepções e tem sido decisiva para decisões tomadas por emoções em lugar da crítica, seja no campo corporativo, no político e no pessoal, influenciando discussões e relacionamentos. “Ao final da leitura, é possível ter um panorama das tensões permanentes e disputas simbólicas que geram a opinião, às vezes tornada pública, por vezes localizada em dados grupos, e que influenciam os movimentos da sociedade a todo o tempo”, enfatiza.

O livro teve origem em pesquisa de livre docência de Luiz Farias junto à Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e resgata os alicerces teóricos dos estudos sobre opinião pública, conceituações e autores. Os cinco capítulos dividem-se em: 1. Opinião pública e a opinião publicada: conceitos, teorias e impactos sobre a formação da Opinião Pública; 2. Opinião e Relações Públicas: persuasão e engajamento; 3. Pesquisa e produção sobre opinião pública no Brasil: anos 2000; 4. Da fogueira à vaidade: o processo de intolerância histórica, da religião à ágora digital; 5. Fake news e pós-verdade: indústria de risco, crise e imagem em tempos de cólera.

O XIII Congresso Brasileiro Científico de Comunicação Organizacional e Relações Públicas pautou o tema deste ano em torno de Comunicação, Opinião Pública, Organizações. 

Veja repercussão na mídia:

DCI (Diário do Comércio & Indústria) - O papel da verdade na era da informação diluída

Repórter Diário - Livro aborda informação na era digital

 

Sobre o autor - Luiz-Alberto de Farias é livre docente em Comunicação e Opinião Pública pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, fez pós-doutorado em Comunicação na Universidade de Málaga (Espanha), é doutor em Integração da América Latina pela USP, cursou mestrado em Comunicação e Mercado na Faculdade Cásper Líbero, sendo graduado em Relações Públicas e em Jornalismo. Editor da Organicom-Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas, foi diretor da Intercom (2005-2008), presidente da ABRP (2006-2010) e da Abrapcorp (2014-2016). É professor associado ECA-USP, atuando na graduação e no stricto sensu, e professor titular e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo.

Ficha Técnica
Título: Opiniões voláteis: opinião pública e construção de sentido
Autor: Luiz-Alberto de Farias, PhD
Editora: Metodista
No páginas: 144
Apresentação: Eneus Trindade, PhD (ECA-USP)
Prefácio: Paulo Nassar, PhD (ECA-USP e Aberje)

Veja fotos do lançamento da Editora Metodista:

 

    

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
X