Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / Julho / Programas de Mestrado e Doutorado passam a compartilhar pesquisas

Programas de Mestrado e Doutorado passam a compartilhar pesquisas

Maior integração entre docentes e saberes é agora uma política institucional Umesp

23/07/2018 19h50 - última modificação 25/07/2018 23h11

Reunião da reitoria com diretores e coordenadores tratou de várias ações para o segundo semestre

Todos os projetos de pesquisa da Universidade Metodista de São Paulo passam a ser compartilhados a partir de agora entre os cinco programas de Mestrado e Doutorado, assim como professores de stricto sensu começarão a interagir mais intensamente com docentes e com a grade curricular dos cursos de graduação. O objetivo é promover maior integração entre saberes e seus autores, além de estimular projetos de investigação mais próximos da realidade, anunciou a coordenadora de Pós-graduação e Pesquisa da Metodista, professora Adriana Barroso Azevedo, em reunião da reitoria com diretores e coordenadores de cursos na noite de 19 de julho último.

“A inserção entre as áreas é agora uma política institucional que vai favorecer a todos e aumentar a internacionalização dos programas de stricto, além de dar maior visibilidade aos cursos de lato sensu”, afirmou professora Adriana, citando que a vinda do Mestrado-Doutorado de Psicologia da Saúde para o campus Rudge Ramos é uma das ações nesse sentido.Outra iniciativa é a jornada acadêmica programada entre os cinco programas de stricto com vistas à troca de estudos e experiências.

A maior integração da docência e sua capacitação por meio de novos conteúdos na Semana Atualizo 3.0, que trata dos desafios do ensino para o século 21, foram pauta do encontro do reitor e pró-reitores para debater novos passos para o 2º semestre letivo. A grade de oferecimento de cursos de pós e de curta duração está recebendo reforços com a vinda do professor Juliano Barbosa Alves, que vai introduzir mais cursos livres e de curta duração na Metodista. Outra novidade é que a Umesp sediará em 2019 o 15º Seminário Nacional da Associação Brasileira de Educação a Distância (SenaED), em 14 e 15 de maio, conforme informou o coordenador de EAD, professor Márcio Oliverio, que acaba de participar da 14ª edição.

Também a Assessoria de Relações Internacionais apresentou aos coordenadores e diretores o diferencial dos programas de intercâmbio, que colocam a Metodista no mesmo patamar de qualidade das maiores universidades do mundo ao oferecer possibilidades de trocas internacionais de cursos e módulos. “Nossos alunos e professores podem ter experiências bilíngues e de globalização”, comentou a assessora Vanessa Martins. Além de missões de estudos por área e de programas de idiomas no exterior, a Metodista tem hoje 30 convênios de cooperação, pelos quais envia alunos e recebe estudantes de escolas de fora. De 2005 a 2017 foram enviados 661 alunos Metodista e recebidos 181 de várias partes do mundo.

Agilidade no vestibular

Os diretores e coordenadores interagiram ainda com o diretor de Comunicação e Marketing da Rede Metodista, Ronilson Carassini, que apresentou novas estratégias para campanhas de vestibular. A Central de Atendimento ao Calouro passará a recepcionar candidatos desde a inscrição até a matrícula final num único dia, o que inclui realização e correção das provas. As inscrições e informações sobre cursos serão centralizadas em um hotsite exclusivo e campanhas de marketing serão otimizadas nas plataformas digitais.

O encontro foi conduzido pelo reitor Paulo Borges Campos Júnior e o assessor especial Sérgio Tavares, que falaram dos passos em busca de uma Metodista empreendedora e inovadora a partir do que denominaram de “agenda positiva”. Novas matrizes curriculares sem perder a identidade dos cursos, ampliação das relações com empresas, universidades e agências de fomento, além de consolidar uma Umesp sustentável e que realize pesquisa relevante para seu tempo e lugar foram algumas das iniciativas mencionadas. Pastor Edemir Antunes Filho foi responsável pelo momento devocional.

A reunião foi realizada no campus Planalto e organizada por alunos do curso de Gastronomia com pratos especiais para a confraternização final. Orientados pelo coordenador do curso, professor Eduardo Gomes Lucas, estudantes concluintes do 4º semestre preparam quitutes como madalaine, quiche lorraine, trança de presunto e queijo, bolo de fubá cremoso e brigadeiro de paçoca, além de caldo verde e creme de abóbora com carne seca como pratos principais. Veja imagens do encontro:

Reunião reitoria com diretores e coordenadores de cursos para o segundo semestre 2018

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
X