Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / Abril / Espiritualidade e autoconhecimento: Dia das Boas Ações promove atividades para pessoas da terceira idade

Espiritualidade e autoconhecimento: Dia das Boas Ações promove atividades para pessoas da terceira idade

Palestras abordaram temas como autoestima, identidade e fé

18/04/2018 20h55 - última modificação 20/04/2018 17h12

Dinâmica em grupo teve a proposta de valorizar a importância da autoestima

Como parte da programação do projeto Dia das Boas Ações, a Universidade Metodista de São Paulo promoveu, entre os dias 16 e 18 de abril, várias ações no campus Rudge Ramos.

Além de palestras e oficinas nas áreas de Saúde, Direito e Recursos Humanos, foram oferecidas atividades com foco em espiritualidade e bem-estar, por meio de uma parceria entre o Núcleo de Arte e Cultura (NAC) e a Pastoral Universitária e Escolar.

Na tarde de ontem (17), foi realizada a palestra "Cultivo da Espiritualidade", voltada para pessoas da terceira idade. Promovida de forma paralela a uma das atividades semanais do Programa Aquarela, o encontro foi conduzido sob a ótica do capítulo 12 do livro de Gênesis, que narra o chamado de Abraão. A partir do texto bíblico, o Rev. Hércules de Andrade, da Pastoral, abordou a importância do exercício de uma espiritualidade que não seja apenas individual, mas refletida nas relações interpessoais.


pastoral.jpg
Rev. Hércules de Andrade ministrou palestra baseada no capítulo 12 do livro de Gênesis
Que mulher sou eu?

Também no dia 17 ocorreu a palestra “Espelho, espelho meu, que mulher sou eu?”, ministrada pela psicóloga e agente da Pastoral Rosane Silva de Oliveira. O objetivo da atividade foi conscientizar as participantes sobre a importância do autoconhecimento.  

A agente da Pastoral conduziu uma dinâmica na qual as mulheres deveriam olhar dentro de um chapéu e dizer se o tirariam para a pessoa da foto que estava ali dentro. Quando foram autorizadas a olhar as imagens, as participantes se depararam com espelhos. A partir disso, todas precisaram falar a respeito daquela pessoa, sem revelar ao grupo de quem se tratava.

“Essa dinâmica é um pouco antiga, mas é interessante para a gente refletir sobre como é a experiência de se ver”, explicou Rosane.

Participante assídua das atividades do Programa Aquarela e também presente nas palestras do Dia das Boas Ações, Natalyr de Souza, a dona Didi, ressaltou a importância da Metodista abrir suas portas para a comunidade, sobretudo para pessoas da terceira idade. “Onde tem vaga e posso vir, eu venho. A melhor coisa que a gente pode fazer é trocar experiências, afinidades e a nossa amizade. Isso nos fortalece”, destacou.

A arrecadação de itens de higiene e limpeza, alimentos não perecíveis e materiais escolares podem ser feitas até o dia 20 de abril, na Pastoral Universitária e Escolar – Campus Rudge Ramos (Edifício Sigma, Sala 205)

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , , ,
X