Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / Julho / União e diversidade foram temas abordados em Culto e Assembleia Docente do segundo semestre

União e diversidade foram temas abordados em Culto e Assembleia Docente do segundo semestre

Reitoria destacou desafios e oportunidades do próximo semestre

31/07/2017 14h05 - última modificação 31/07/2017 14h10

O Culto de Aniversário da Universidade Metodista de São Paulo e a Assembleia Docente realizados na sexta-feira (28) abordaram o tema "Sonhos gestados em comunidade geram frutos de vida plena". Em celebração aos 20 anos do status de Universidade da Instituição e início de mais um semestre letivo, professores se reuniram para ouvir a palavra da Pastoral Universitária e Escolar, participar de cânticos e receber as boas-vindas do reitor Paulo Borges Campos Filho.

“Sei que a história de muitos de vocês se confunde com a história da Universidade e esta manhã é um momento cheio de energia, energia que resultou neste momento de 20 anos de Universidade”, diz. O professor ressaltou a mudança de Reitoria do primeiro semestre deste ano e os esforços para a elaboração do PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional), construído juntamente com a comunidade acadêmica.

União e diálogo

Para o reitor, é fundamental relembrar os valores da Metodista e basear o PDI no tripé que a sustenta: Confessionalidade, Qualidade Acadêmica e Sustentabilidade Financeira. Dessa maneira, a Instituição deve investir, nos próximos semestres, na ampliação de cursos de graduação matutinos e cursos de pós-graduação lato sensu, criação de graduações em período vespertino e de novos cursos de curta duração.

O Coordenador de Graduação e Extensão e Pós-Graduação e Pesquisa, professor Davi Ferreira Barros, é o responsável por essa expansão e falou a respeito das mudanças, além da celebração dos 20 anos. “Ficamos muito felizes com este marco, mas não podemos esquecer das seis décadas que vieram antes. O nicho de capacitação de curta duração está crescendo e temos que estar atentos às demandas da sociedade para contribuir com a solução de problemas que surgem”, declara.

Essas mudanças serão planejadas juntamente com os docentes da Universidade. O diálogo é, de acordo com os dois professores, o mais importante para o desenvolvimento da Metodista daqui para frente. “Tenho aprendido muito nesta Universidade com os docentes, coordenadores e diretores das Escolas. Essa tem sido nossa forma de atuar, com diálogo para atender as demandas do corpo docente e discente”, completa o reitor.

Inclusão e diversidade

Além da palavra da Pastoral, que destacou a importância de agradecer os frutos gerados ao longo dos 20 anos, a Reverenda Rute Bertoldo, pastora da Metodista em Santo André, falou como devemos “expressar gratidão, olhar para trás e reconhecer nossa dependência de Deus e dos outros, e esperar”.

O Núcleo de Arte e Cultura apresentou os grupos de teatro Sintonia e Aquarela, formados por pessoas com deficiência e idosos, para enfatizar a necessidade de o espaço universitário ser aberto a todos; independentemente de idade, gênero ou limitações físicas.

“Quero ler um provérbio africano para vocês que diz o seguinte: ‘Se quer ir rápido, vá sozinho. Mas se você quer ir longe, vá acompanhado’. Que rompamos a barreira para uma sociedade mais justa e inclusiva”, enfatizou Claudia Cezar, coordenadora do NAC.

Saiba mais sobre as celebrações de 20 anos da Universidade.

Confira abaixo mais fotos do evento:

Culto e Assembleia Docente - 2° Semestre de 2017

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,