Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2015 / Setembro / COGEIME outorga homenagens da Ordem do Mérito dos Educadores Metodistas 2015

COGEIME outorga homenagens da Ordem do Mérito dos Educadores Metodistas 2015

Homenagens acontecerão durante o XIV Encontro Nacional Metodista de Educadores - ENAME

23/09/2015 19h23

A Ordem do Mérito dos Educadores Metodistas foi criada pelo COGEIME - Instituto Metodista de Serviços Educacionais - em Maio de 1988, a fim de homenagear líderes que contribuem com Educação Metodista em nível nacional ou internacional.

Já foram homenageados 36 educadores e educadoras, cujos nomes podem ser conhecidos no Rol da Ordem do Mérito dos Educadores Metodistas.

A solenidade de outorga do Titulo da Ordem do Mérito dos Educadores Metodistas de 2015, acontecerá no contexto do XIV Encontro Nacional Metodista de Educadores, na Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), no dia 25 de Setembro (sexta-feira), às 19h30, no Auditório do Edifício Capa. A entrada é franca.

Para esta edição 2015 do Título, o Conselho Superior de Administração (Consad) do COGEIME escolheu as seguintes educadoras e educadores:

Profa. Elaine Lima de Oliveira (in memoriam)
Professora Elaine era metodista vinculada à Terceira Região Eclesiástica, Igreja Metodista no Brás, onde serviu por muitos anos. Era graduada em Psicologia pela Universidade São Marcos (1980) e mestre em Administração pela Universidade Metodista de São Paulo (1997). Cursava doutorado em Administração na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP), quando enfrentou longo período de enfermidade que culminou com seu prematuro falecimento, em 7 de dezembro de 2014. Elaine atuou primeiramente como Diretora da Faculdade de Administração da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), posteriormente como Diretora da Faculdade de Fonoaudiologia e Psicologia na mesma Universidade  e como Pró-reitora de Gestão de Pessoas e Infraestrutura do Instituto Metodista de Ensino Superior (IMS). Em 1997, participou do Grupo de Trabalho que permitiu que o IMS conquistasse o status de Universidade. Atuou também como professora titular da UMESP, tendo sido docente do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas e Psicologia Organizacional. Em fevereiro de 2011 assumiu a reitoria do Instituto Metodista Granbery e a Direção da Faculdade Metodista Granbery (Juiz de Fora/MG). Elaine marcou a história do Granbery, não apenas por ser a primeira mulher a assumir a reitoria da Instituição, mas pelo seu jeito firme e arrojado de liderar, sua competência, força e, principalmente, sua fé inabalável. Assumiu seu posto em fevereiro de 2011, com muito temor, consciência de sua responsabilidade e vontade de fazer o Granbery crescer ainda mais. Seu mote era: “Tradição e Inovação”. À frente da instituição, colocou em prática vários projetos e pôde honrar o nome de Cristo com a excelência de seu trabalho. Também foi membro da Diretoria do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Particular da Região Sudeste de Minas Gerais SINEPE/SUDESTE. Além de todas as suas atribuições profissionais acima descritas, sempre que solicitada, e não raras vezes, realizava palestras e cursos de capacitação, nas Igrejas, Congressos e nas diversas organizações da Igreja Metodista em várias Regiões. Elaine honrou a Deus, sua Igreja e a Educação Metodista com a dedicação de uma serva boa e fiel que agora descansa no Senhor.
(Fonte: informações extraídas de publicação no Portal da Universidade Metodista de São Paulo em 08/12/2014)

Profa. Maria Helena Campos Lima (in memoriam)
Maria Helena iniciou sua vida no Granbery em 1930, no curso de Admissão. Eram o Mr. Moore o Reitor e o Prof. Irineu Guimarães o diretor da Instituição. Naquela etapa como estudante vinculou-se ao Grêmio Literário “Olavo Bilac”, tendo exercido a presidêcia desse Grêmio, pelo qual também conquistou uma medalha de ouro, no concurso de declamação. No período de ginásio, quando era o direto o Dr. José Cardoso d’Affonseca, participou de todas as atividades – no Prêmio Literário “Castro Alves”, fez parte da diretoria e também recebeu a medalha de ouro “Maurício Hurgel” num concurso de declamação; participou das atividades da Associação Teatral do Granberyense; das comemorações cívicas e sociais do colégio; das excursões; e foi premiada num concurso de trabalhos manuais. Foi também presidente da “Associação Feminina Granberyense”. Recebeu o título de Bacharel em Ciências e Letras e fez o curso superior, na então “Faculdade de Pedagogia”. Foi professora de Francês no curso Propedêutico do Granbery, tendo exercido, porém, a pedido próprio, o que ela qualificava como a sua “atividade maior”, na Escola Primária. Nos quatorze últimos anos de sua vida profissional, foi diretora da Escola Primaria do Granbery, inclusive do Infantil e do Pré Primário. Em certa ocasião foi também eleita pelo Conselho Diretor para o cargo de Vice-Diretora Geral do Granbery, entretanto declinou desse cargo por motivos pessoais e particulares. Reconhecida educadora traçou um percurso irreparável, deixando marcas indeléveis em gerações que passaram pelo Granbery. Aposentou-se em outubro de 1974, tendo permanecido no Granbery por 44 anos, como estudante e profissional.
(Fonte: Dados biográficos escritos por Maria Helena Campos Lima. Arquivo da Associação Granberyense)

Revda. Dra. Kim Cape
Kim Cape cursou Mestrado em Teologia e Doutorado em Ministério com foco em Liderança, pela Perkins School of Theology na Southern Methodist University, em Dallas, Texas. Como diretora executiva para Novas Igrejas em Crescimento e Transformação, da Conferência Anual Sudoeste, do Texas, ela trabalhou para ajudar a recrutar e treinar novos pastores para a Igreja Metodista Unida (USA). Serviu também como o Superintendente Distrital de Austin e McAllen, Texas, e trabalhou para a Junta Geral de Discipulado na equipe de Desenvolvimento do Upper Room (No Cenáculo). Serviu também na Fundação Metodista do Texas e foi pastora titular em quatro igrejas no Estado do Texas. Atuou no Conselho de Ministério Ordenado da Conferência Sudoeste do Texas, ensinou no Curso teologia da Perkins School of Theology, representou a Conferência Sudoeste do Texas no Comitê Jurisdicional do Episcopado e serviu como membro do Conselho Diretor da Junta Geral de Ensino Superior e Ministério (GBHEM). Foi escolhida para liderar a delegação da Conferência Sudoeste do Texas nas Conferências Gerais da Igreja Metodista Unida, em 2004 e 2008. Em 2010, a Revda. Dra. Kim Cape foi escolhida para a função de Secretária Geral do GBHEM. Ela é a primeira mulher a ocupar esta posição e está dirigindo esta organização educacional da Igreja Metodista Unida com foco em formação de liderança e educação global. Nessa função deu continuidade e aperfeiçoou as relações entre a GBHEM e o COGEIME, com especial atenção ao Fundo Global Metodista de Educação para Desenvolvimento de Liderança, programa cuja representação na América Latina vem sendo realizada pelo COGEIME desde 2009.

Rev. Otoniel Luciano Ribeiro
Mineiro de Campestre, o Rev. Otoniel é formado em Teologia pela Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, Filosofia, Pedagogia e Administração de Empresas, com mestrado também em Administração. Serviu no Instituto Educacional Piracicabano da Igreja Metodista, junto a administração do antigo Internato do Colégio Piracicabano, do qual chegou a ser Vice-Diretor. Posteriormente transferiu-se para o Instituto Metodista de Ensino Superior (IMS), já no início dessa Instituição, em 1970, tendo aí desenvolvido sua carreira, com atuação em diversos postos, desde auxiliar administrativo até a função de Diretor Administrativo. Participou assim e contribuiu decisivamente no lançamento das bases e formação dos primeiros cursos, infraestrutura e organização do que mais tarde viria a tornar-se a Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) Posteriormente transferiu-se para a Faculdade de Teologia, aonde serviu como Diretor Administrativo até 2014. Portanto, sua ligação com o IMS, tendo sido o primeiro funcionário registrado na Instituição, extendeu-se por 44 anos – uma vida dedicada a essa Instituição da Igreja Metodista. Por ocasião de sua aposentadoria, Otoniel Luciano Ribeiro foi entrevistado pelo Portal da Metodista, tendo gravado diversos vídeos que estão disponíveis no referido Portal, e que falam por si só da história dessa vida dedicada à Educação Metodista junto ao IMS. Otoniel também tem sido ao longo de sua história um incansável colaborador do COGEIME, tendo apoiado e ajudado na organização de inúmeros eventos realizados no IMS e na Faculdade de Teologia. Sua marca fica indelével na história dessas instituições e no campo educacional metodista brasileiro. Serviu como pastor na Terceira e na Quinta Região Eclesiástica, de onde é originário.

Rev. Dr. Rui de Souza Josgrilberg
Rui Josgrilberg é formado em Teologia e Filosofia, com doutorado em Sciences Religieuses pela Université de Strasbourg, França. Tem prestado serviços à Faculdade de Teologia da Igreja Metodista por mais de 25 anos, sendo que aí respondeu pelas funções de Reitor, Vice-reitor e docente até o presente. Colaborou no processo de busca do reconhecimento e implantação da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), onde atua também como professor nos Programas de Pós-graduação em Ciências da Religião (desde a fundação do programa) e mais recentemente em Educação. Durante o período em que esteve na liderança da Faculdade de Teologia houve significativo desenvolvimento e conquistas para essa Instituição da Igreja, desde a sua reorganização na década de 80, conferindo-lhe estabilidade e crescimento em termos acadêmicos e de infraestrutura. Desde este período a Faculdade de Teologia tem investido fortemente na formação dos seus quadros docentes e de liderança para a Igreja. O Rev. Rui Josgrilberg também fortaleceu as relações internacionais da Faculdade, trazendo pesquisadores renomados internacionalmente nas tradicionais Semanas Wesleyanas, professores convidados e outras conferências. Sua contribuição como conferencista e professor também tem marcado inúmeros espaços da Igreja Metodista em nível nacional e internacional, como o Instituto Oxford, organização que reúne periodicamente estudiosos do pensamento e da obra de John Wesley. Rui também esteve à frente da criação do Centro de Estudos Wesleyanos, que já é uma referência na América Latina, da Cátedra Otília Chaves e do Centro de Memória Metodista, um rico acervo documental da história do metodismo no Brasil. Colaborador contínuo também da ALAIME – Associação Latino-americana de Instituições Metodistas de Educação e do COGEIME, tendo sido conferencista em diversos eventos, articulista da Revista de Educação e participou também como membro da primeira composição do Conselho Superior de Administração (CONSAD), naquela ocasião na qualidade de diretor do Instituto Metodista da Amazônia (IMAm). Tem se destacado nacional e internacionalmente como um rigoroso pesquisador e estudioso, com contribuições ao avanço do conhecimento nas áreas de teologia sistemática, ética, hermenêutica, história cultural, existencialismo e fenomenologia. Serviu como pastor na Terceira e na Primeira Região Eclesiástica, de onde é originário.

Veja também:
COGEIME prepara o XIV Encontro Nacional Metodista de Educadores – ENAME



Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático