Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2013 / Fevereiro / Pesquisa aplicada: interação comunitária e social

Pesquisa aplicada: interação comunitária e social

07/02/2013

08/02/2013 12h44

Para o professor Luiz Roberto Alves, diferentemente da pesquisa básica, é da natureza da pesquisa aplicada a interação comunitária e social. Foto: Gabriela Rodrigues

SEMINÁRIO DIVULGA PESQUISAS PRODUZIDAS PELO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

“A socialização da informação sobre o trabalho científico voltado aos interesses da comunidade regional abrirá um processo que já se exige no país, isto é, que as Universidades interajam socialmente e construam espaços de transparência.” Foi com base nesta ideia que Luiz Roberto Alves, coordenador Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) organizou o I Seminário Público de Pesquisa, realizado no final de novembro de 2012.

No evento foram apresentadas oito pesquisas, em diferentes estágios – inicial, em andamento e em fase final – nas linhas de Gestão Econômico-Financeira de Organizações e Gestão de Pessoas e Organizações. A seguir, você confere um pouco mais sobre alguns dos trabalhos.

Responsabilidade Social Empresarial

“Hoje esse assunto está muito vinculado ao cumprimento de normas e
exigências. Mas até que ponto há mudanças na vida da comunidade?”, indaga a professora Dagmar Castro, coordenadora da pesquisa, que evidenciou o papel público das empresas em relação à Responsabilidade Social Empresarial. A pesquisa prevê a criação de novas tecnologias sociais que possam ser transferidas para outras realidades e modelos organizacionais.

Formação dos profissionais x exigências das empresas

O trabalho coordenado pelo professor Luciano Venelli pretende cruzar os
modelos de competência exigidos por empresas do setor de energia com a
formação oferecida no ABC. “Se é uma área prioritária para o governo, tem
que ser também para as universidades e as empresas”, acredita o professor. “Um indicador que já se mostrou possível de levantamento é a quantidade de novos profissionais formados na região anualmente”, relata o professor. Até 2014, está prevista a divulgação da oferta de profissionais por curso e a publicação dos resultados finais.

Estudo de indicadores de gestão na Região do Grande ABC

A pesquisa, coordenada pelo professor Wanderlei Lima de Paulo tem
por objetivo a aplicação de métodos quantitativos no estudo de problemas
relacionados aos ambientes externo e interno das organizações, visando a construção de indicadores de gestão para a Região do Grande ABC.
Alguns resultados parciais já foram alcançados, com o grau de satisfação
dos serviços públicos sendo divididos em indicadores. O estudo apontou
que São Caetano do Sul apresenta o maior grau de satisfação geral do ABC nos segmentos estudados até o momento: transporte, saúde, educação e segurança.

Confira os relatos na íntegra:
http://bit.ly/Y5NvPp

Gabriela Rodrigues e Israel Bumajny
gabriela.rodrigues@metodista.br
israel.bumajny@metodista.br

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático